Português Italian English Spanish

Ser Jornalista é informar os fatos a população, muitos não entendem o que lêem e acaba deturpando as palavras do texto

Ser Jornalista é informar os fatos a população, muitos não entendem o que lêem e acaba deturpando as palavras do texto


06/04/2020

Há, em nossa sociedade, sérios problemas causados pela falta de leitura e interpretação. Não se analisa mais o que se é dito e a nossa velocidade em julgar é enorme, rápida demais. Julgar o que nem se sabe como foi dito, qual contexto ou se foi, simplesmente, ironizado. O povo anda fazendo piada de tudo, sem buscar, pesquisar, compreender ou sequer entender o que está realmente acontecendo ao seu redor, parece haver uma necessidade de causar, polemizar, chamar a atenção alheia, sem a preocupação com as outras partes envolvidas. Todos sempre muito preocupados em apontar o problema, sem perceber que estão causando outros. Bem maiores.

Recentemente, o site JRepórter publicou uma matéria intitulada, “São Félix do Araguaia registra o primeiro caso suspeito de coronavírus”, onde algumas pessoas demonstraram uma certa incapacidade em interpretação do texto, distorcendo os fatos. Meu primeiro instinto é tentar entender o que está acontecendo com a mente humana; ao me deparar com uma situação delicada, procuro sempre analisar as partes envolvidas. Acontece que esse não é um costume comum. Nesses tempos aflitivos, percebo essa necessidade das pessoas de falar. Falar por falar, infelizmente. As pessoas desatam a expor suas opiniões, suas sensações, seus instintos... E tropeçam na total falta de tato, sensibilidade e percepção dos outros mundos que constituem a vida coletiva.

O fator que mais chamou minha atenção na matéria que "viralizou" na internet, se encontra nos comentários: é marcante o show de ódio e ignorância (por uma minoria, mas que deve ser desconstruído). Diria que não é uma questão de ausência de inteligência, e sim ausência de caráter, em outras palavras, a presença de má fé. Tomo por parâmetro a quantidade de pessoas que entenderam as verdadeiras informações contidas na matéria, mas que, por algum motivo, outros fingem não compreender. Dói ver a ignorância de muitos, o entendimento de poucos. A covardia dos outros me faz mais forte. Tenha certeza disso. Entristece-me a falta de interpretação e percepção de algumas pessoas que se acham muito melhores e que acreditam que suas opiniões sejam realmente relevantes, quando não são consideradas as inúmeras possibilidades de produção e interpretação de um texto. Leiam mais. Amem mais. Pesquisem mais. “Julguem menos.”

Uma das coisas mais desagradáveis que ocorrem é sermos mal entendidos, quando o outro deturpa nossas palavras ou nossas atitudes, descontextualizando-as e utilizando-as em proveito próprio, enquanto nos coloca como o vilão da história. A gente acaba até ficando sem saber se nós é que não soubemos nos colocar ou se o outro é que não sabe interpretar um texto. Infelizmente, quanto mais tentarmos provar o nosso ponto de vista, quanto mais nos explicarmos, pior ficaremos, porque quem não entende da primeira vez raramente compreenderá dali em diante.

Com isso, não quero apontar culpados ou inocentes, não desejo acusar ou direcionar dedos a uma única parte. Quero, simplesmente, registrar o quão importante a veracidade de uma informação, pois o mundo vive um momento difícil com o Covid-19 e a recomendação à população é reforçar os cuidados preventivos e, em caso de sintomas leves – como de uma gripe –, permanecer em isolamento domiciliar. Apenas se o quadro se agravar é que devem procurar as unidades de saúde.

Assim que o Laboratório LACEN enviar o resultado do exame do primeiro caso suspeito de coronavírus em São Félix do Araguaia, iremos informar a população. O paciente, já está melhor, aguardando o resultado. A cidade permanece até o momento sem o registro confirmado de nenhum caso da Covid-19. Diante disso, peço àquelas pessoas que não sabem se expressar de forma clara e precisa, parem de provocar conflitos, pois devido a esse hábito de não saber compreender e interpretam de forma equivocada. Portanto, saber usar bem as palavras para falar de algo é imprescindível e aos que lêem, é necessário entender o texto lido antes de tirar suas próprias conclusões.

Nesta terça-feira, 07 de abril, dia em que comemora o Dia do Jornalista, seja na rádio, televisão, nos jornais impressos, on-line ou em assessorias, o jornalista é o responsável por levar informação, de maneira imparcial e ética, a várias partes do mundo. Com muito jogo de cintura, o profissional da mídia vai a busca de fatos e os transformam em notícias ou releases. A data foi criada pela Associação Brasileira de Imprensa (ABI) como homenagem ao médico e jornalista italiano Giovanni Battista Libero Badaró, radicado no Brasil e assassinado por divergências políticas.

 

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

  2 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Não costumo responder esses comentários, mas vindo de você mestre, me senti na obrigação de dizer, 'obrigado', és sabedor da nossa luta na região, abraços e fica com Deus.

Você é a maior comunicadora em sua área de cobertura com credibilidade irretocável. Às vezes brinco de brigar consigo por seu idealismo político mas isso é direito seu. Agora vc reclama do analfabetismo de informação de alguns leitores que maldosamente deturpam suas informações e isso é crime. Falo porque já fui vítima, e ainda sou, dos anti-inteligentes.

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS