Português Italian English Spanish

Profissionais da linha de frente da saúde recebem segunda dose da vacina contra covid-19 em São Félix do Araguaia

Profissionais da linha de frente da saúde recebem segunda dose da vacina contra covid-19 em São Félix do Araguaia


12/02/2021

O Escritório Regional da Saúde de São Félix do Araguaia – MT recebeu nesta quinta-feira (11), 229 doses da vacina contra Covid-19, destinada aos profissionais da linha de frente da saúde do município para dar sequência à campanha.

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, 99 do imunizante são para aos profissionais que receberam a primeira dose em janeiro, 80 para os idosos acima de 90 anos e 50 doses para os profissionais da linha de frente da mesma forma primeira e segunda fase. É preciso apresentação de um documento de identificação com foto e o Cartão Cidadão. A orientação é para que os trabalhadores verifiquem no comprovante de vacinação a data indicada para recebimento da segunda dose, garantindo assim a eficácia do imunizante.

Nas redes sócias, moradores solicita que a prefeitura divulgue as listas de vacinação com o nome dos imunizados de forma digitalizada, além de dados que comprovem que a pessoa faz parte do grupo prioritário e a data/local da aplicação da dose e o nome do profissional que realizou a aplicação. A lista divulgada pelo site da prefeitura, alguns nomes impossível ler.

De acordo com alguns moradores sobre, a suspeita de irregularidades na aplicação da vacina em profissionais da Saúde que não são da linha de frente. O Repórter do Araguaia solicitará posicionamento do órgão. Assim que o jornal tiver acesso à lista, atualizará a matéria e compartilhará com a população através do Facebook e WhatApp, caso negar a informação as providencias

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) recomendou que o governo e as prefeituras divulguem a lista dos vacinados contra a covid-19 em até 48 horas, contados a partir do dia 8 de fevereiro, os Executivos estadual e municipais terão que começar a atualizar as informações.

A recomendação leva em consideração que o 1º Informe Técnico do Ministério da Saúde sobre a Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 determina o registro da dose aplicada da vacina de forma nominal e individualizada, pelo número do CPF ou do Cartão Nacional de Saúde (CNS), a fim de possibilitar o acompanhamento das pessoas vacinadas, evitar duplicidade de vacinação, e identificar/monitorar a investigação de possíveis Eventos Adversos Pós Vacinação (EAPV).

O descumprimento da recomendação, assinada pelo presidente do TCE, conselheiro Guilherme Antonio Maluf, e pelo procurador-geral de Contas, Alisson Carvalho de Alencar, poderá configurar irregularidade passível de prejudicar a análise das respectivas contas anuais por parte do Tribunal de Contas, além de ato de improbidade administrativa. (Com informações da assessoria).

 

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS