Português Italian English Spanish

Equipes do Gote e Deic de Paraíso realizam ação em parceria com Polícia Civil do Mato Grosso durante Operação Hórus na Ilha do Bananal

Equipes do Gote e Deic de Paraíso realizam ação em parceria com Polícia Civil do Mato Grosso durante Operação Hórus na Ilha do Bananal


Durante cumprimento a dois mandados de prisão por tráfico de drogas, homicídio, estupro, roubo e violência doméstica e receptação, homem faz mulher de refém, ameaça policiais e é atingido.

Em mais uma etapa da operação Hórus, na manhã desta quinta-feira (16/09), por volta das 06 horas, as equipes do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE), juntamente com a Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC), se deslocaram até o município de São Félix do Araguaia (MT) para auxiliar a Polícia Civil do Estado do Mato Grosso no combate ao crime organizado. 

A ação foi em cumprimento a dois mandados de prisão expedidos em desfavor de um homem, residente da aldeia Santa Isabel, na Ilha do Bananal, território do Estado do Tocantins, no município de Lagoa da Confusão.  A operação foi devidamente acompanhada pelo coordenador técnico da Funai/Araguaia Tocantins Vicente de Paula Rodrigues de Lima.

Segundo o delegado e diretor geral do GOTE, Rildo Barreira, ao chegarem na residência para cumprir o mandado de prisão, os policiais foram surpreendidos pelo residente que estava carregando uma arma de fogo. “Foi anunciado a ação policial, mas o indivíduo saiu da residência com uma arma de fogo apontada para a cabeça de sua companheira, Domícia José Melo, usando-a como refém”, explicou o delegado.

Diante da situação os policiais tentaram negociar a soltura da refém e companheira do indivíduo, além de sua posterior rendição, mas o homem não se rendeu. Durante a ação o sujeito ficou cada vez mais agressivo e continuou com arma apontada para a cabeça da refém, para resguardar a vida da vítima e diante da não rendição do suspeito foi necessário efetuar disparos.

Socorro médico 

O indivíduo foi atingido e socorrido imediatamente e encaminhado até o hospital de São Félix do Araguaia, mas infelizmente não resistiu e veio a óbito. 

Mandados de prisão

Em desfavor do homem haviam dois mandados de prisão em aberto expedidos pela Comarca de São Félix do Araguaia por tráfico de drogas, homicídio, estupro, roubo e violência doméstica e receptação. Além da pistola calibre 380 municiada, o agressor tinha um carregador extra e a quantia de mais de R$ 9 mil nos bolsos, que foram apreendidos e levados para a delegacia de São Félix do Araguaia/MT.

Segundo informou as forças policiais locais, o indivíduo era uma pessoa bastante conhecida na região pela periculosidade que representava, bem como por alardear que jamais se entregaria à polícia. “Ressalta-se que toda a operação foi acompanhada pelo coordenador técnico da Funai - Araguaia Tocantins, Vicente de Paula Rodrigues de Lima.

 

 

Edição: Geórgia Milhomem

  6 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Vcs são um bando de pau no cu do krl

Parabéns aos policiais. Falta prender outros bandidos deste local.

Foi tarde esse rapaz fez muita maldade, principalmente com sua mulher...esse é o destino dos bravos

Parabéns para os policiais.

Parabéns para os policiais.

Parabéns para os policiais.

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS