Português Italian English Spanish

Secretário diz que ômicron já atingiu a transmissão comunitária em Mato Grosso

Secretário diz que ômicron já atingiu a transmissão comunitária em Mato Grosso


Apesar do cenário de crescimento dos casos, Governo do Estado não deve reabrir Centro de Triagem

Mesmo com a dificuldade para realizar testes e alimentar o sistema de informações relativos à pandemia da covid-19, o secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, afirma que a transmissão da variante ômicron do coronavírus já é comunitária no estado. 

Nos últimos dias, segundo o gestor, os números apontam um crescimento de mais de 190% dos casos e a previsão é de que eles devem continuar a crescer. Gilberto Figueiredo afirma que a Secretariade Estado  de Saúde (SES-MT) está monitorando os dados. 

"É correto afirmar que é uma transmissão comunitária no estado de Mato Grosso, difícil de saber onde está o foco e é provável que ainda cresça por conta dos eventos de final de ano e do período de férias, em que há muita movimentação das pessoas", disse o gestor em entrevista ao Bom Dia Mato Grosso, da TVCA, nesta quarta (12), apresentado pelos jornalistas Nahyara Moura e Thiago Tercioty. 

O secretário disse ainda que o Laboratório Central, atualmente, tem capacidade para realizar 5 mil testes por dia, em horário de funcionamento normal. Mas pode chegar aos 10 mil testes diários caso seja colocado em funcionamento nos três períodos de trabalho. No início da pandemia, o Lacem conseguia testar apenas 40 casos, por mês. "A ômicron, na maioria dos casos, é assintomática ou tem sintomas leves, que parecem com a síndrome gripal, o que confunde os dados", ressalta. 

“É correto afirmar que é uma transmissão comunitária no estado de Mato Grosso, difícil de saber onde está o foco e é provável que ainda cresça por conta dos eventos de final de ano e do período de férias, em que há muita movimentação das pessoas”, Secretário Gilberto Figueired.

Apesar desse aumento no número de casos, que já coloca a ômicron como uma variante comunitária, o secretário reforçou o posicionamento do governador Mauro Mendes (DEM) e descartou, pelo menos neste momento, a reabertura do Centro de Triagem, que funcionou por mais de um ano na Arena Pantanal. A negativa responde ao apelo do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).

 "Lamentável que após dois anos de pandemia o prefeito ainda faça uma solicitação dessa natureza. Até agora o município não adotou as medidas necessárias para fazer um atendimento que é de atenção primária, das Unidades Básicas de Saúde. Não há no planejamento do Governo do Estado, pelo menos no momento, a reabertura disso. Nós entendemos que o número de UBSs em Cuiabá é suficiente para atender a população, para fazer a triagem", disse. 

Entre as dificuldades que o governo enfrenta para reabrir o Centro de Triagem está a contratação de servidores. O governo está com processo seletivo em andamento, que vem sendo questionado por deputados e pelas categorias ligadas à Saúde. 

Ainda na entrevista, o secretário Gilberto Figueiredo lembrou a importância da vacinação para diminuir os casos graves de infecção pela covid-19. Segundo ele, a taxa de letalidade, ou seja, de óbitos, entre os internados é maior no grupo que não se vacinou. 

"Fizemos uma análise a partir de agosto, a taxa de óbitos para os não vacinados que foram internados é de 23%, enquanto entre os que cumpriram o esquema vacinal, de duas doses, é de menos de 0,28%. É uma evidência substancial da eficácia da vacina'. A dose de reforço, segundo o gestor, aumenta em 18 vezes a capacidade de imunidade. 

Mesmo neste cenário, o Governo ainda não vê necessidade de recomendar aos municípios a adoção de medidas restritivas mais severas, como fez em outros momentos de pico da pandemia. "Importante é manter as medidas recomendatórias não farmacológicas, para não congestionar o sistema [de Saúde] novamente", finaliza.

 

 

Renan Marcel

 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS