Português Italian English Spanish

Morre funcionária da Energisa baleada durante trabalho em MT

Morre funcionária da Energisa baleada durante trabalho em MT


A vítima, Anilori Rener, de 43 anos foi baleada no dia 7 de março, em Rondonópolis

A leiturista da concessionária de energia de Mato Grosso Anilori Rener, de 43 anos, morreu na madrugada deste sábado (9), após ficar 32 dias internada ao ser atingida com dois tiros, no dia 7 de março, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá.

Um idoso de 81 anos achou que ela estava fazendo um 'gato' durante a medição de energia.

A Energisa informou por meio de nota que está em luto pela morte da colaboradora. Anilori estava uniformizada e identificada, quando foi atingida por tiros enquanto fazia a leitura de medidores na cidade. A empresa vai continuar acompanhando o caso, até que sejam concluídas as investigações. A Energisa disse que repudia a violência e esteve prestando suporte necessário à família desde o ocorrido.

Segundo a Polícia Civil, após a morte da leiturista, o suspeito passa a responder por homicídio consumado.

Nessa sexta-feira (8), funcionários da concessionária de energia e colegas de Anilori fizeram uma homenagem desejando forças à ela em frente a um hospital particular onde a leiturista estava internada.

Na noite do mesmo dia, ela teve uma piora no quadro de saúde e morreu na madrugada deste sábado (9).

Entenda o caso

De acordo com a Polícia Civil, Anilori estava fazendo a leitura do medidor de energia no Bairro Jardim Residencial Carlos Bezerra II quando foi atingida por um tiro no tórax e outro no abdômen.

A polícia foi acionada após os vizinhos escutarem os disparos. Ao chegar no local, a equipe encontrou a vítima caída no chão, próximo ao portão da casa do idoso.

O portão estava fechado, segundo os policiais. A equipe chamou pelo homem que saiu da casa com a arma na cintura.

O idoso foi encaminhado à delegacia e, em depoimento relatou que suspeitava que a funcionária estaria praticando fraude colocando a unidade consumidora do vizinho em sua conta de energia para que ele pagasse as faturas de dois imóveis.

O suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo.

 

 

G1 - MT

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS