Português Italian English Spanish

Já estão definidas chapas para disputar o Senado por Mato Grosso

Já estão definidas chapas para disputar o Senado por Mato Grosso


16/08/2022

Jair Bolsonaro (PL) tem apoio de quatro chapas que disputam o Senado por Mato Grosso, Lula (PT) é apoiado por duas e Felipe D’Ávila recebe apoio de seu partido, o Novo.

Esse é o cenário no pós-convenções e sem candidaturas do MDB, PSD, PV, PR, Avante, PDT e PSB, que são considerados grandes partidos.

Bolsonaro é apoiado pelo senador Wellington Fagundes (PL), que tenta a reeleição com os suplentes Mauro Carvalho (União) e Rosana Martinelli (PL); por Antônio Galvan (PTB) e seus companheiros de chapa partidária Pastor Jairo Tomio Iskawa e Gina Defanti; por Jorge Yanai (DC) com o primeiro suplente Paulo Cesar, e o segundo, Egberto Barros; e Kassio Coelho (Patriota), com os suplentes Oscemário Daltro e Andreia Scheffer, todos do Patriota.

Lula dará palanque ao deputado federal Neri Geller (PP) com Maria Lúcia Cavalli Neder (PCdoB) e Nilton Macedo (PT); e para José Roberto com os suplentes Enfermeiro Vanderley Guia e Manoel de Melo, todos do PSOL.

Felipe D’Ávila recebe apoio de seus correligionários Feliciano Azuaga, candidato a senador com os suplentes Nicássio Lemes Júnior e Mauro Japonês.

O senador Wellington é veterinário e empresário, foi deputado federal por seis mandatos consecutivos e exerceu os cargos de secretário de Estado e municipal em Rondonópolis. Mauro Carvalho foi chefe da Casa Civil do Governo de Mato Grosso. Rosana Martinelli foi vice-prefeita e prefeita de Sinop.

O produtor rural Galvan foi vice-presidente e presidente do Sindicato Rural de Sinop, e presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho (Aprosoja) de Mato Grosso e do Brasil.

O médico e empresário Jorge Yanai é primeiro suplente do senador Wellington Fagundes e foi deputado estadual.

O candidato Kassio Coelho é vereador por Cuiabá em primeiro mandato.

Os demais candidatos não exerceram mandatos eletivos, mas alguns já disputaram eleições.

O produtor rural e deputado federal Neri foi vereador por Lucas do Rio Verde, secretário executivo do Ministério da Agricultura e ministro da Agricultura, e foi deputado federal.

A professora aposentada Maria Lúcia Cavalli Neder foi reitora da Universidade Federal de Mato Grosso por dois mandatos consecutivos.

Nilton Macedo é presidente licenciado da Federação da Agricultura Familiar de Mato Grosso (Fetagri).

RENOVAÇÃO – O mandato de senador é de oito anos e o Senado se renova a cada quatro anos alternando o preenchimento de uma e de duas cadeiras. Neste ano, a cadeira de Wellington Fagundes está em disputa e as outras serão renovadas em 2026. Jorge Yanai (DC) e o professor universitário aposentado Manoel Motta (PCdoB) são suplentes de Wellington.

Permanecem no cargo por mais quatro anos os senadores Jayme Campos (União) e Carlos Fávaro (PSD). O engenheiro e candidato a deputado federal Fábio Garcia (União) e a pecuarista Cândida Farias (MDB), são suplentes de Jayme. A empresária Margareth Buzetti (PP) e o advogado José Lacerda (MDB) de Fávaro.

 

 

Por diariodecuiaba

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS