Português Italian English Spanish

Câmara repudia deputado em MT e prefeita manda recado: “meto a mão na cara”

Câmara repudia deputado em MT e prefeita manda recado: “meto a mão na cara”


Ulysses acusou prefeita de corrupção e levou invertida

O deputado estadual e candidato a federal Ulysses Moraes (PTB) está começando a perceber que no interior de Mato Grosso as coisas são “mais embaixo’” Após acusar de corrupção a prefeita de Carlinda (756 km de Cuiabá), Carmelinda Leal (União), o parlamentar foi “enquadrado” pela parlamentar que exigiu respeito, o chamou de “moleque” e de “mentiroso”.

Em áudio compartilhado nas redes sociais, ela o desafiou a conversar pessoalmente e ainda disse que partiria para a agressão física.

“Respeita as famílias, deputado, que eu não sou da sua laia! Eu nunca ameacei o senhor, mas eu queria até ver se o senhor tinha coragem, igual eu tenho, de nós dois conversarmos de cara a cara, porque pessoa igual ao senhor, sabe o que eu faço? Meto a mão na cara, você pra mim é um moleque! O senhor é um moleque pra mim! Se o governador não te chamou de moleque, você vai receber isso de uma mãe, duma avó, duma mãe de família”, disse.

Ainda no áudio, Carmelinda afirmou que Ulysses deve saber o caminho da mentira e da corrupção, já que costuma acusar adversários políticos. A gestora pontuou que o deputado trilha um caminho errado, quando vai às redes sociais para ofendê-la.

O senhor está me ofendendo no face, falando de R$ 11 milhões, o senhor deveria ser um deputado mais bem informado. Por que o senhor não vem no meu município conversar com o meu povo, ver como eu sou certa e correta. Sabe por quê? Eu não preciso de dinheiro de política! Eu acho que o senhor deve estar precisando pra estar apelando e mentindo, em nome de pessoas de caráter”, se defendeu.

A prefeita ainda sugeriu que Ulysses abandone a política e se dedique a trabalhar para quem é bandido que, segundo ela, é semelhante a ele. Carmelinda ainda deixou claro que irá processar o deputado pelas acusações feitas por ele.

Ainda no áudio, Leal afirmou que o deputado nunca trabalhou porque quem já o fez, age de forma correta. No último dia 20, a Câmara Municipal de Carlinda aprovou uma moção de repúdio contra o deputado por fazer acusações contra a prefeita por suposto desvio de repasses federais.

O vídeo do parlamentar não está mais nas redes. “Com sentimento de tristeza, assistimos pelas redes sociais a acusação feita à atual gestão municipal, a qual temos acompanhado e aprovado o trabalho feito com honestidade e transparência, sendo considerada uma gestão exemplar em todo país” diz trecho do documento.

O repúdio ainda afirma que o parlamentar prefere fazer acusações que prejudicam o Município, quando poderia estar empenhado em contribuir com a cidade, como outros deputados.

 

 

Por Folha Max 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS