Português Italian English Spanish

13ª edição “Amigos da Natureza” 2019 de São Félix do Araguaia será destaque na Rede Record

13ª edição “Amigos da Natureza” 2019 de São Félix do Araguaia será destaque na Rede Record


16/09/2019

A equipe da Record TV, esteve na última sexta-feira 13, em São Félix do Araguaia – MT, para produzir uma reportagem jornalística sobre o Projeto “Amigos da Natureza” que será exibida em breve. Com uma pauta bastante extensa, a equipe da Rede Record  irá mostrar a nível nacional no jornal “Repórter RECORD”, as belezas e riquezas naturais que compõem a biodiversidade do local. Além de transportar os telespectadores para o contexto histórico e cultural que envolve este patrimônio. São Félix do Araguaia, localizado às margens do rio Araguaia próximo a Ilha do Bananal.

A sede do projeto está sendo desempenhada dentro do Quartel da Policia Militar de São Félix do Araguaia, onde o objetivo do referido projeto é o repovoamento e preservação da espécie na região do Araguaia, devido à carne de tartaruga ter bastante apreciação na região, rica em proteína, apreciada e muitos consideram prato bem saboroso, também sua gordura é procurada para cosmético e medicina, seus ovos também são muito apreciados para extração de gordura utilizada em confeitarias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Diante da real preocupação a 2°CIA PMMT de São Félix do Araguaia juntamente com Ministério Público, o coordenador do projeto Biólogo Francisco Assis Ribeiro Sousa, prefeituras, câmara municipal, Ministério Público e colônias de pescadores e outros parceiros, tiveram que tomar medidas projetivas de ações urgentes, desempenhando o projeto dentro da UPM militar, pois além de acompanharem o processo de transferência e monitoramento de ovos e filhotes, ao mesmo tempo incentivam a criação da espécie em cativeiro obedecendo às legislações legais e vigentes, contudo aumentando a população da tartaruga (podocnemis expansa).

 O projeto tem como prioridade de envolver e sensibilizar a população para sua participação de programas de preservação das tartarugas, através de campanhas educativas esclarecendo à população a real necessidade do uso sustentável de recursos naturais de forma sustentável, peixamento de espécies nativas na região do Araguaia, além da conservação das tartarugas, são a recuperação e reflorestamento, soltura de peixes de espécies nativas na bacia hidrográfica do Araguaia.

Os filhotes rompem os ovos e nascem após um período de incubação que varia entre 45 e 60 dias, dependendo do calor do sol. A saída do ninho ocorre quase sempre à noite, estimulada pelo resfriamento da temperatura da areia. Nessa hora, são menores as chances de serem atacados por predadores. O índice de sobrevivência das tartarugas na natureza fica em torno de 2% a 4% apenas. Com o manejo, fazendo a soltura dos filhotes sem os riscos de predadores, esse índice sobre para 60%, anualmente.

 

 

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

 

 

 

 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS