01/01/2015 - Com Moura e Medeiros, PPS ganha força,Evandro Carlos deve reforçar os socialistas

01/01/2015 - Com Moura e Medeiros, PPS ganha força,Evandro Carlos deve reforçar os socialistas

O resultado das eleições de 2014, devem modificar o mapa político dos municípios de Mato Grosso, e da região do Araguaia, e um dos partidos que  deve ampliar a força no cenário político regional é o PPS.

 

Os socialistas deveram aumentar a presença do partido nos municípios em especial no sul do estado e do Araguaia, onde já comandam duas importantes prefeituras, Agua Boa e São Félix do Araguaia.

 

Entre as possíveis novas adesões ao PPS, esta o suplente de deputado federal Evandro Carlos, que deverá deixar o PTB, partido com quem tem ligações históricas, já que seu avo foi fundador nacional do partido com Getúlio Vargas.

 

Segundo fontes, Evandro Carlos vai estar à frente do PPS em Vila Rica, com o objetivo de aglomerar o grupo pró-Taques em 2016, agindo como articulador partidário.

Apesar do PDT ocupar a o governo do estado, a concretização do sonho regional de ter vez e voz, com Eduardo Moura na Secretaria de Desenvolvimento Regional devera somar pontos para o PPS, Moura é filiado histórico do partido e a posse de José Medeiros na vaga de senador de Pedro Taques, deverão impulsionar o crescimento do partido para 2016.

 

De acordo com outras informações, as lideranças vão buscar reestruturar aquele que já foi o maior partido de Mato Grosso, e que levou Blairo Maggi ao poder no seu primeiro governo, mas que acabou se resumindo oito anos depois na figura do ex-deputado e atual prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz.

 

Nas eleições de 2014, o PPS coligou numa frentinha com o PTB, e mesmo tendo feito o vereador por Rondonópolis, Reginaldo Santos o mais votado da coligação, não conseguiu eleger o mesmo, devido a baixa densidade eleitoral dos demais candidatos, que juntos não atingiram o coeficiente.

 

 

Fonte: Jornal da Noticia

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário