01/02/2011 - 11h:18 Frei é preso em flagrante saindo de motel em Várzea Grande com menor

O frei Erivam Messias, 43 anos, da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe Mãe dos Homens, em Cuiabá, foi preso em flagrante saindo de um motel em Várzea Grande com uma menor de 16 anos, com quem teria um relacionamento afetivo.
De acordo com a delegada Juliana Palhares, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso, de Várzea Grande, o frei foi pego saindo com a garota às 17h30 de um motel, no bairro Ponte Nova. As informações são de que eles estavam no local desde as 14h.
No meio do ano passado, uma denúncia contendo dados consistentes foi enviada a Delegacia, informando que o frei vinha mantendo um relacionamento afetivo especificamente com a garota. Desde o início deste ano, a Polícia Civil passou a vigiá-lo constantemente e, conforme a delegada, por várias vezes o carro do religioso foi visto em motéis.
A família da adolescente freqüentava a Igreja e tinha contato muito próximo com o líder religioso. Segundo Palhares, a mãe da menor não tinha conhecimento e ficou visivelmente surpresa e abalada quando soube do envolvimento da filha com o frei. Ela acompanhou todo o depoimento da menina, na delegacia.
No momento em que foi realizado o flagrante a garota aparentou nervosismo e chorou muito e, durante a oitiva, a menor teria dito estar apaixonada pelo pároco. Ela foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML), onde foi realizado exame de corpo e delito.
Erivam teria permanecido em silêncio durante depoimento, se reservando ao direito de permanecer calado. Ele está preso no Anexo I do presídio Pascoal Ramos, à disposição da Justiça.
O frei irá responder por estupro de vulnerável. “As características do relacionamento me fizeram autuá-lo como estupro de vulnerável, pois ela não tinha condições de oferecer resistência e via nele uma figura protetora”, disse a delegada, ao afirmar não ter conhecimento de nenhum outro caso semelhante envolvendo o religioso.

Redação - Julia Munhoz