01/03/2011 09h:43 Estradas MT: em Alta Floresta, caminhões de gás, combustível e leite atolados impedem abastecimento

Estradas MT: em Alta Floresta, caminhões de gás, combustível e leite atolados impedem abastecimento

O período chuvoso e a falta de pelo menos uma equipe de emergência com maquinas nas estradas deixa a malha viária de Alta Floresta, a 774 km de Cuiabá, seja ela vicinal ou estadual em situação critica.  Um exemplo esta no setor sul do município. Para chegar à comunidade Santa Lucia, a 26 km do núcleo urbano do município, é preciso fazer de dois a três desvios ou aumentar o percurso em até 40 km.
 
No trecho da rodovia MT-010 a situação também é preocupante .  Um caminhão de bebidas e produto inflamável da região de Peixoto de Azevedo acabou atolando num grande buraco onde ficou por mais de 12 horas. “É uma situação precária. A gente vem pra cá para trabalhar e chega aqui dá de cara com um buraco no meio da estrada. Fui passar por aqui a noite e terminei ficando atolado”, relatou motorista do caminhão à TV Nativa.
 



Foto: TV Nativa



Se a situação das estaduais está critica, as vicinais de responsabilidade do município não são diferentes. Exemplo é a 4ª sul onde um caminhão de um laticínio que escoa leite de pequenos produtores atolado com 12 mil litros de leite sem expectativa de sair.
 
Apesar de todo sofrimento dos produtores, moradores e alunos do setor sul, a única maquina na estrada é um trator da comunidade, no momento em que as estradas encontram-se numa situação critica, as maquinas do governo desde dezembro estão paradas no pátio da PM de Alta Floresta.
 
O município não tem não tem conseguido atender uma demanda de mais de 2.500km de malha viária. (Arão Leite/TV Nativa)
Foto: TV Nativa
 
Arão Leite/TV Nativa
Blog: Sandra Carvalho