01/03/2012 - Jovem mata namorada por medo de vídeo comprometedor e 'vela' corpo

A jovem Marisa Steinbach, de 21 anos, desaparecida desde o último domingo (26), quando saiu para passear em uma fazenda com o namorado, foi encontrada morta nas proximidades do município de Ipiranga do Norte (476 km de Cuiabá). O responsável pelo crime foi o companheiro, que a executou a facadas por supostamente ela possuir um vídeo que comprometia sua reputação. 

A alegação do motivo do assassinato foi feita pelo acusado Manuel de Jesus Aquino, 25 anos, à Polícia Civil momentos após ele ter sido encontrado pelos policiais na mata próxima ao local do crime. No entanto, segundo o investigador Cleomar de Campos informou ao Olhar Direto em entrevista por telefone, o suspeito está atordoado e apresenta sinais de alucinações e problemas mentais. 

Manuel e Marisa mantinham um relacionamento há seis meses. Ele convidou a jovem para fazer um passeio no final de semana, e acabou cometendo o crime com golpes de faca. Mesmo após a execução, ele se manteve próximo ao local onde estava o cadáver. 

Ao ser encontrado pela polícia, o suspeito foi questionado sobre onde teria deixado o corpo da vítima, e não soube responder. Os policiais tiveram de fazer rondas pela região para encontrar o cadáver. 

O corpo foi encontrado já estava em avançado estado de decomposição e completamente desfigurado. O homicídio qualificado foi um crime foi brutal e com requinte de crueldade, segundo destacou o investigador Cleomar de Campos. O suspeito toma remédios controlados e pode alegar insanidade.

A família de Marisa está na delegacia fazendo o acompanhamento do caso e aguarda a liberação do corpo da jovem, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do município de Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá). O suspeito já foi interrogado e o caso será acompanhado pelo delegado Marcelo Martins.

 

Da Redação - Priscilla Vilela

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário