01/04/2011 - 18h:41 Vereador que agrediu colega em Colniza é afastado

O vereador Élpido da Silva Meira, de Colniza, extremo norte de Mato Grosso, o "Elpidio", e que ficou conhecido nacionalmente por ter agredido o colega José de Anchieta Vieira durante sessão em que se instalava comissão poprocessante contra ele, acusado de desacatar uma servidora pública, foi afastado do cargo durante sessão realizada hoje pela manhã até que seja julgado pela CPI criada para apurar denuncias feitas pelo vereador José de Anchieta vieira. O pedido de afastamento foi por seis votos favoráveis.

Autor do requerimento para criar a CPI, José Anchieta chegou a ser levado para o hospital logo apos a agressão e Elpidio foi conduzido a delegacia.  Durante a sessão, ele também ameaçou de morte a prefeita Nelci Capitani (DEM), que registrou boletim de ocorrência e solicitou proteção policial.
A instalação da CPI foi motivada por uma discussão entre Elpidio e a coordenadora no município do Peti, programa do governo federal de erradicação do trabalho infantil, Leonice Cordeiro Almeida. Conforme a representação, houve abuso de autoridade por parte de Elpidio.
Mesmo com clima tenso, os vereadores conseguiram aprovar o pedido de instalação da CPI, composta pelos vereadores Joel Candioto (PV), presidente, Raimundo Neto Ferreira Gomes (PP), relator, e Marcos de Jesus Costa (DEM), na condição de membro titular. Em 90 dias, eles devem entregar o relatório com o parecer.
O vereador Elpidio da Silva negou à época ter ameaçado a prefeita Nelci Capitani e diz ser vítima de um “complô”. “Fiz denúncias contra a prefeita, que é corrupta, e estou sendo reprendido. Ela ficou com o dinheiro de uma obra e distribuiu parte para os vereadores. Todos estão comprados”, reagiu.
Segundo Elpidio, as irregularidades ocorreram na secretaria de Planejamento. “A verba para construção de asfalto foi desviada”, alega.
Blog: Sandra Carvalho