01/05/2015 - Governador assume compromisso com infraestrutura

Porto Alegre do Norte - O governador Pedro Taques e o vice-governador Carlos Fávaro participaram nesta quinta-feira (30.04) da abertura da 7ª Dinâmica de Empreendimento e Empreendedores de Porto Alegre do Norte (1.125 km a nordeste de Cuiabá). Durante o evento, ele lançou ações para a melhoria da região do Araguaia. 


Prometido para ser entregue em dezembro de 2014 e já lançado em várias oportunidades na gestão anterior, o governador Pedro Taques disse que vai publicar ainda neste ano o edital para a construção do Hospital Regional de Porto Alegre do Norte. 


Taques ressaltou que tem compromisso com a construção dessa unidade que deve servir de referência para toda região. Segundo ele, o Estado não pode fechar os olhos para os problemas existentes no Araguaia. “Quero assumir, olhando nos olhos de vocês, que vamos buscar recursos extras para a construção deste hospital”, disse.

 
O chefe do Executivo Estadual ressaltou que em 117 dias da nova gestão foram pagos R$ 47 milhões de repasses para os municípios, referente ao ano de 2014, que estavam atrasados. Segundo Taques, 125 municípios estão com os repasses em dia para a saúde. “Estamos pagando o passado, mas já quero dizer que estamos estudando uma forma de revogar a lei que diminuiu em 50% os repasses para a saúde no ano de 2012”, destacou.

 
Entre as ações, Taques disse que as negociações com a Energisa e com o Ministério de Minas e Energia estão avançadas e até o mês de dezembro uma usina termelétrica será inaugurada na cidade de Querência. “A região tem um grande potencial para o agronegócio, mas precisa de energia de qualidade para dar conta da demanda”, destacou o chefe do Executivo.

 
No comando do município de Porto Alegre do Norte, o prefeito Emival Freitas, falou que tem muita esperança de que desta vez o hospital vai efetivamente sair do papel por conta da vontade política do governador. “Na próxima Dinâmica nós queremos que as pautas sejam outras”, disse.

 
O prefeito de Santra Cruz do Xingu, Marcos de Sá, disse que acredita no governador Pedro Taques para a construção do hospital. “Eu creio que o atual governo vai fazer o planejamento com mais realidade. Acredito que ele vai defender essa bandeira e a construção desse hospital vai ajudar a desafogar Cuiabá e Rondonópolis. A equipe dele é muito técnica, com o perfil que o Estado precisa”, afirmou.

 
O prefeito de Confresa, Gaspar Lazari, afirmou que atualmente o atendimento é feito no Hospital Municipal de Confresa, que recebe apoio do Governo do Estado. “O governador Pedro Taques tem surpreendido a todos, com o cumprimento dos pagamentos da saúde e com a vontade de mudar Mato Grosso. O secretário de Saúde, Marco Bertúlio é compromissado com a saúde do Estado e nós ficamos gratos com as suas palavras”, argumentou.

 
Já o prefeito de Alto Boa Vista, Euzipio Domingos Gonçalves, destacou que precisa pegar centenas de quilômetros de estrada sem asfalto para chegar a um hospital. Destaca que o município fica a 100 quilômetros de Porto Alegre do Norte e que isso deve beneficiar a população. “Eu já estou descrente, porque o foi lançado por três vezes na gestão passada. Mas eu acredito que com a seriedade que o governador Pedro Taques tem ele vai sim começar e concluir essa obra”, ressaltou.

 
Na oportunidade, Taques também assinou 13 ordens de serviços do programa Pró Estradas que devem beneficiar municípios da região do Alto Araguaia.

 
Outra iniciativa anunciada pelo governador é quanto a melhoria na rede de telefonia e internet. Taques disse que o Estado trabalha junto ao Ministério das Comunicações para solucionar os problemas de baixa qualidade na internet fixa e móvel e na expansão da rede


O evento contou com representantes dos governos de Goiás e do Pará, além da vice-governadora do estado do Tocantins, Claudia Lélis, com quem o Governo do Estado assinou um convênio para o atendimento mato-grossense em unidades de saúde daquela unidade da federação, que deve custar R$ 40 mil por mês.

 
Ainda com o Estado do Tocantins, o governo de Mato Grosso começou a estudar a abertura de uma nova rota pela conhecida Ilha do Bananal, que deve diminuir a distância para o escoamento da produção de Mato Grosso.

 
Também participaram do evento, os senadores Blairo Maggi, José Medeiros e Wellington Fagundes; os deputados federais Adilton Sachetti e Nilson Leitão; o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Guilherme Maluf e os deputados estaduais Ondanir Bortolini, Baiano Filho, Zeca Viana e Oscar Bezerra. Secretários de Infraestrutura, Marcelo Duarte; Saúde, Marcos Bertulio; e Desenvolvimento Regional, Eduardo Moura.

 

Além dos prefeitos: Raquel Campos Coelho (São José do Xingu); Luciano Alencar (Vila Rica); José Antonio de Almeida (São Félix do Araguaia); Valdez Nunes (Canabrava do Norte); Domingos da Silva Neto (Santa Terezinha) e Gilmar Wentz (Querência).

 

 

 

 

THIAGO ANDRADE

Redação/Gcom-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário