01/05/2015 - Taques dá ordens de serviço para Pró-Estradas e garante obras de pavimentação

O governador de Mato Grosso, Pedro Taques, anunciou nesta quinta-feira (30), em Porto Alegre do Norte (1.159 km de Cuiabá), as primeiras ordens de serviço para execução de 45 obras de melhoria da malha rodoviária do Estado. De imediato, já foram assinadas 13 ordens de serviços para execução de pavimentação de estradas (veja quadro abaixo).


Taques participou da abertura oficial da 7ª Dinâmica, feira de negócios que reúne expositores e visitantes de várias regiões do estado e do Brasil. Representantes dos governos do Pará e do Tocantins também participaram do evento. 


“Temos certeza que esta região do Araguaia pode significar a melhora do rendimento do Brasil na exportação, porque aqui produziremos muito. Agora, os três estados precisam caminhar juntos e realizar obras que sejam estruturantes”, declarou Taques. “Esta região deve deixar de ser chamada de ‘Vale dos Esquecidos’. Isto aqui é o ‘Vale da Esperança’ para os estados de Mato Grosso, Tocantins e Pará”, completou. 


As obras passarão a integrar o Pró-Estradas, que assumirá a gestão do antigo programa da administração anterior que só entregou concluída pouco mais de 2% dos serviços prometidos. Só construiu o trecho de 22 quilômetros da MT-412, entre Canabrava do Norte e a BR-158. No entanto, o programa prevê um total de 1.835 quilômetros de malha viária asfaltada. 


“Nós faremos a manutenção das estradas. Infelizmente o que não foi feito nas administrações passadas”, criticou o governador. 


De acordo com o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, os outros contratos estão com pendências e, portanto, ainda não estão aptos neste momento para receber as ordens de serviço. No entanto, a Sinfra está conversando diretamente com os responsáveis pelas empresas para solucionar essas pendências. 


“Para 2015, a expectativa do Governo de Mato Grosso é que sejam concluídas ao menos 10 obras. Somente neste ano serão pavimentados cerca de 500 quilômetros”, explicou o secretário. 

As prioritárias serão as obras estruturantes que irão beneficiar um maior número de mato-grossenses. Em até 3 anos, a maioria dos municípios de Mato Grosso deverá possuir ao menos uma interligação com outra cidade por rodovia estadual pavimentada. 

Investimento 

O Governo de Mato Grosso já possui em caixa cerca R$ 56 milhões em recursos do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Até o final de 2015, devem ser investidos aproximadamente R$ 400 milhões. 


No programa já foram gastos somente na gestão passada mais de R$ 706 milhões, de um total de R$ 1.558.337.005,40 previstos. Ainda devem ser liberados para Mato Grosso mais de R$ 850 milhões. 



Contratos parados

Nesta atual administração, os contratos ficaram suspensos enquanto passavam por auditoria. Contudo, isso não afetou a execução destes contratos, que já não vinham sendo cumpridos desde a administração passada, sob a alegação de falta de recursos. 

Durante as auditorias foram encontrados problemas em princípio sanáveis, como licenças ambientais vencidas. Agora somente serão retomados os contratos de obras 100% regulares.

 

Ordens de serviço:

 

Contrato

  Rodovias

    Empresa

Trechos

135/13

MT-100

Sanches Tripoloni

52,64 km (Entre Pontal do Araguaia e Torixoréu)

025/13

MT-413

Rio Tocantins LTDA

94,61 km (Entre BR-163 e Santa Terezinha)

118/09

MT-020

Base Dupla Serviços e Construções Civil LTDA

33,75 km (De Canarana a Paranatinga, entre km 10,35 e 135)

247/13

MT-326

Destesa Terra Construções LTDA

36 km (Entre Nova Nazaré e Cocalinho)

003/14

MT-430

Semec – Serviços de Engenharia e Construções LTDA

65,41 km (Entre São José do Xingu e Santa Cruz do Xingu)

253/13

MT-240

Agrimat Engenharia e Empreendimentos LTDA

38,67 km (Entre Água Boa e Nova Nazaré)

325/13

MT-220

Agrimat Engenharia e Empreendimentos LTDA

47,48 km (Entre Sinop e Tabaporã)

292/14

MT-020

Base Dupla Serviços e Construções Civil LTDA

33,75 km (Entre Canarana e Paranatinga)

236/13

MT-208

Agrimat Engenharia e Empreendimentos LTDA

59,34 km (Entre Nova Monte Verde e Nova Bandeirantes)

183/14

MT-170

Construtora Compesatto LTDA

32,14 km (Entre Juruena e Cotriguaçu)

070/14

MT-242

Apui Construtora de Obras LTDA

45,51 km (Entre Itanhangá e Ipiranga do Norte)

324/13

MT-220

JM Terraplanagem e Construções LTDA

39,46 km (Rio dos Peixes – Entroncamento MT-410 / Entre Sinop e Tabaporã)

242/13

MT-326

Guaxe Construtora e Terraplanagem LTDA

35,25 km (Entroncamento MT-411 – início do asfalto / Entre Nova Nazaré e Cocalinho)

 

 

 

 

 

 

 

 

Ericksen Vital
Sinfra-Mt/Gcom

Fotos: Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

Comentários

Data: 04/05/2015

De: vale dos esquecidos

Assunto: esquecidos

novamente esqueceram da br 242 entao pra mim isso e esquecimento do nosso governo só pq nao tem muito votos nessa localizaçao pensa bem governador taque nos a judam pelo meno uma vez na vida com o asfalto da luciara bom jesus e sao felix e alto boa vista

Data: 01/05/2015

De: Esquecido

Assunto: 242 e MT100

É, as duas estradas, que compreendem os trechos, Luciara a 242 e 242 até a 158, como sempre não são lembradas,continuam sempre no vale dos esquecidos.

Novo comentário