01/06/2012 - Delegado de polícia é acusado de agressão física pela esposa

 

A dona-de-casa Kelly de Souza Almeida, 30 anos, registrou queixa de agressão física que ela teria sofrido do esposo, o delegado da Polícia Civil Rodrigo Ricardo Sant’ana, 55 anos, em Barra do Garças, no leste de Mato Grosso. Ela conta que foi agredida pelo esposo após uma discussão do casal no final da tarde de quinta-feira (30), que teria sido imobilizada por ele e que chamou a Polícia Civil para conduzi-la até a delegacia.  

Kelly apresentou essa versão durante seu depoimento na delegacia e foi submetida a exame de corpo de delito para confirmar as lesões mencionadas por ela. A dona-de-casa estava com uma camisa suja e apresentou algumas escoriações no rosto e no pescoço para os repórteres na porta da delegacia. 

A dona-de-casa permaneceu na delegacia prestando depoimento à noite e só na manhã de hoje é que foi em casa tomar um banho e trocar de roupas acompanhada de uma equipe da Polícia Civil. Ela retornou para pegar roupas e informou que vai ficar na residência da mãe por um tempo.  

“Ele me agrediu, depois me mobilizou, me jogando no chão. Ele chamou a Polícia Civil para evitar que a Polícia Militar fosse até o local e ele fosse preso por Maria da Penha", argumentou Kelly, que já avisou que quer a separação e vai entrar com pedido de medida protetiva para que o marido não se aproxime dela.  

O delegado Rodrigo Sant’ana, que estava atuando em Novo São Joaquim, retornou para Barra do Garças e, por telefone, falou com o correspondente do Olhar Direto e negou as agressões. Ele alega que está sendo vítima de chantagem da esposa, que está sendo orientada por familiares e advogados para tentar prejudicá-lo.

A ocorrência foi lavrada pela delegada Débora Cardoso na Especializada da Mulher de Barra do Garças.

 

Olhar Direto

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário