01/07/2011 – 10h:25 Escrivães e investigadores de MT entram em greve a partir desta sexta

A categoria pede que os salários sejam o iguais aos dos peritos criminais.
Servidores do Detran também entraram em greve por tempo indererminado
.

Os escrivães e investigadores da Polícia Civil de Mato Grosso entram em greve por tempo indeterminado a partir desta sexta-feira (1). A principal reivindicação da categoria é o aumento de salário dos profissionais.

De acordo com o sindicato, a categoria quer que o salário inicial de R$ 2.365 seja equiparado ao dos peritos criminais, que é de R$ 6 mil. Ao todo são 1.750 investigadores e 380 escrivães que trabalham em todo o estado.

Detran
E após três dias de paralisação de alerta, os servidores do Detran de Mato Grosso também decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. Eles também pedem melhores salários, que segundo a categoria, não são reajustados desde 2008.

Do G1 MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário