01/07/2013 - Mato Grosso pode receber novos aeroportos regionais

O ministro da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco se comprometeu nesta terça-feira (19) em reunião com o deputado federal Wellington Fagundes (PR/MT), em Brasília, que a pasta vai analisar com atenção as solicitações de 14 municípios de Mato Grosso que querem integrar o Programa de Investimento em Logística: Aeroportos, do governo federal.

 

Lançado no fim do ano passado, o programa que tem como meta melhorar a infraestrutura e a qualidade dos serviços aeroportuários no Brasil já engloba 13 cidades matogrossenses.

 

Para o ministro é possível que mais cidades do Estado sejam contempladas, contanto, que atendam as determinações da Secretaria, como por exemplo, distancia mínima entre os aeroportos. "Ainda não temos um mercado de aviação regional que justifique aeroportos a menos de 100 quilômetros um do outro", justificou.

 

Além da autorização para início dos estudos em cada município, segundo o deputado federal Wellington Fagundes, a Secretaria também pretende organizar estrutura para prestar suporte operacional. "O município sozinho não tem capacidade para operar um aeroporto, tudo isso está sendo discutido para que a gente possa fazer a verdadeira integração regional em Mato Grosso com o restante do país", explicou.

 

Aeroportos Regionais
Se atendida todas as solicitações de Fagundes os municípios de: Alto Araguaia, Colniza, Confresa, Jaciara, Mirassol do Oeste, Nova Mutum, Querência, Santa Terezinha, São Jose do Xingu, Sorriso, Campo novo dos Parecis, Diamantino, Água Boa e Primavera do Leste, deverão contar com novos aeroportos.

 

Escrito por assessoria  

Comentários

Data: 01/07/2013

De: Brasileiro.

Assunto: Aeroportos

Já passou da hora desse trabalho ser executado, tendo em vista estarmos num estado gigante onde do ponto de partida até a capital chega a uma distância de mil e trezentos quilômetros. Hoje o vale do Araguaia comercializa com Goiânia e Palmas , ficando o estado de Mato Grosso lesado pelo referido motivo.O governo gasta com a sociedade e a sociedade leva seus recursos para outros estados, daí um dos motivos do grande atraso do Vale do Araguaia. Dos quarenta anos que ando pelo Mato Grosso, o Vale do Araguaia é o que mais sofreu com os desmandos de governos anteriores. Tomara que o tempo de prosperidade tenha chegado aos esquecidos .

Novo comentário