01/07/2014 - José Riva chega carregado em convenção e confirma conversa com PMDB

A base situacionista rachou novamente. Neste momento, lideranças do PMDB, PT, PROS, PR e PC do B estão reunidos tentando apaziguar os ânimos, mas o clima é tenso.

O PMDB não aceita mais a condição de vice [com Teté Bezerra] na chapa e exige a vaga ao Senado ou até mesmo a cabeça de chapa. O nome do ex-juiz federal, Julier Sebastião, que pode acabar candidato ao senado na chapa de José Riva (PSD).

Cacique do PMDB, o deputado federal Carlos Bezerra, segundo fontes do O Documento, deixou a reunião abruptamente, irritado, sem esperar uma decisão final dos aliados. O governador Silval Barbosa permaneceu na discussão.

Sem espaço, os peemedebistas podem cair no colo do deputado estadual José Riva (PSD), que realiza agora sua convenção no Centro de Eventos do Pantanal.

19h20

Riva chegou carregado a convenção do PSD. Centenas de apoiadores receberam o candidato ao governo entoando seu nome repetidas vezes. Em uma concorrida entrevista aos jornalistas, ele confirmou que já conversa com os líderes do PMDB e inicia novas conversas logo após o ato político. "Estou muito feliz com todo o apoio que estou recebendo nessa caminhada. Onde nos conseguimos agregar nós vamos agregar. Política é feita com diálogo e nós estamos dialogando", afirmou o deputado.

 

Escrito por RAONI RICCI 

Comentários

Data: 03/07/2014

De: CIDADÃO

Assunto: site da Globo

A disputa eleitoral deste ano pelo cargo de governador do estado de Mato Grosso tem, entre os candidatos, o deputado estadual José Riva (PSD), que acumula 107 processos na Justiça contra si. O parlamentar, que sempre negou as acusações, foi lançado candidato em convenção partidária nesta segunda-feira (30), em Cuiabá, 40 dias após ter sido preso pela Polícia Federal (PF) na operação Ararath, a qual apura esquema de crimes financeiros e fraudes que teriam movimentado ilegalmente cerca de R$ 500 milhões.
Liberado três dias depois do Complexo da Papuda, carceragem no Distrito Federal para onde foi levado pela PF, Riva retornou a Mato Grosso e retomou as atividades parlamentares, mas anunciou que abandonaria a carreira política. O deputado declarou que deixaria de disputar eleições alegando que não precisava de cargo político para viver, mas voltou atrás e teve o nome homologado para a disputa majoritária na convenção do PSD - com apoio dos partidos aliados PT do B, PRTB, PTN, PEN, PTC, PPL e Solidariedade.

Data: 01/07/2014

De: PATRÃO

Assunto: RIVA CARREGADO

O RIVA ESSES DIAS FOI CARREGADO TAMBÉM. SÓ QUE PELA POLICIA FEDERAL !
AQUI NESSE SITE NINGUEM FICOU SABENDO. MAS NÃO ADIANTA TAPAR O SOL COM A PENEIRA VANESSA !

Data: 01/07/2014

De: I

Assunto: Re:RIVA CARREGADO

Patrão tu falando desse jeito do Rivinha, não acredito?

Data: 01/07/2014

De: Luiz Inacio

Assunto: Re:RIVA CARREGADO

Quero pedir ao companheiro Patrão que não venha falar mal do companheiro Riva porque ele tem toda bagagem para entra no PT estou pensando de colocar ele para presidente do partido então não venha falar mal do companheiro Riva.

Data: 02/07/2014

De: Se liga

Assunto: Re:RIVA CARREGADO

Deixa de ser besta, ridículo essa crítica a Vanessa. O Brasil inteiro soube disso, acredito que o povo assista mais o jornal do que acessa a internet, pelo menos deveria, para ser um povo mais informado. Isso passou na TV e espero que todo mundo tenha visto e pense bem em quem votar.

Novo comentário