01/07/2016 - Emancipação de assentamentos entrou em pauta nacional, comemora propulsor da agricultura familiar em MT

01/07/2016 - Emancipação de assentamentos entrou em pauta nacional, comemora propulsor da agricultura familiar em MT

A garantia do direito à propriedade a milhares de famílias rurais assentadas em Mato Grosso está prestes a sair do papel com o pleno apoio do Governo Federal. Legítimo defensor da agricultura familiar e incentivador de políticas públicas que venham atender o setor, o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP-MT), disse ter ficado satisfeito com a explanação do ministro da agricultura, senador Blairo Maggi, ao garantir que entre as novas prioridades do ' radar nacional ' está a emancipação dos assentamentos rurais. 

 

"Umas das prioridades para o setor agrícola será a emancipação dos assentamentos, e temos alguns milhares de hectares em estoque para isso. Coloquei, em uma reunião com o presidente Michel Temer e equipe econômica, a urgência em priorizar e acelerar esses processos, muitos não conseguem participar do processo produtivo em sua região e se desenvolver pela falta da titulação de posse", declarou Maggi, em ato solene no Ministério da Agricultura, na manhã desta quarta-feira (29), durante assinatura do Termo de Cooperação Técnica que assegurou R$4,5 milhões para a defesa agropecuária de Mato Grosso. 

 

No início do mês de junho, Ezequiel Fonseca, em audiência com o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), expôs a necessidade da entrega dos títulos definitivos às famílias rurais assentadas no Estado. Segundo ele, esse é um dos grandes entraves, pois a falta da titulação impede a contratação de financiamento junto às instituições financeiras e, execução ampla e com tecnologia das atividades produtivas. 

 

"O trabalhador rural precisa trabalhar com tranquilidade e avançar economicamente, essa questão fundiária emperra o desenvolvimento de várias regiões e municípios; a regularização é imprescindível por consolidar políticas agrícolas e sociais". Na ocasião, Temer garantiu analisar a proposta em benefício dos trabalhadores rurais de todo o Brasil. 

 

Na semana seguinte à reunião com o presidente da República, o deputado reafirmou na tribuna do plenário e, em rede nacional, o seu compromisso com o setor. Citou Mato Grosso, um Estado com mais 150 mil famílias em 700 assentamentos aguardando o documento de posse. 

 

Em menos de um ano no parlamento federal, o agente propulsor, Ezequiel Fonseca, realizou inúmeras ações ao setor. Dentre elas, destaca-se a destinação de emendas parlamentares para a compra de patrulhas agrícolas e equipamentos a dezenas de municípios mato-grossenses; capitaneou R$ 1 milhão em recursos federais para um projeto de iniciativa dos membros dos Consórcios Nascentes do Pantanal e Vale do Guaporé que resultou na entrega de veículos e incrementos às secretarias municipais de agricultura de 21 municípios além de anunciar R$ 2 milhões em emendas individuais para o pontapé inicial do projeto Rota do Peixe de desenvolvimento da cadeia produtiva da piscicultura na região oeste do Estado. 

 

 

 

Adrielle Piovezan

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário