01/08/2014 - Taques perde 4 pontos em 20 dias, mas segue líder com 28%

Nos últimos 20 dias, o candidato a governador Pedro Taques (PDT) perdeu 4 pontos nas intenções de voto, mas segue líder com 28,8%. A segunda colocação continua com o ex-vereador cuiabano Lúdio Cabral (PT), que oscilou de 21,2% para 22%. 

A diferença de Taques para Lúdio é de 6,8 pontos percentuais. 

Em terceiro lugar, o deputado José Riva (PSD) avançou no período de 14,3% para 16,2%. Os dados são da segunda rodada da pesquisa do instituto Mark, feita em parceria exclusiva com o portal Rdnewsentre os últimos dias 25 e 29. Somente neste ano, a Mark já realizou sete rodadas.

Os pesquisadores ouviram 1.193 eleitores de 71 municípios. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%. 

Os resultados das tabelas foram arredondados pelo programa para totalizarem 100%. A pesquisa está registrada no TRE, sob protocolo MT-00041/2014.

 

Segundo turno

Na amostragem realizada no período de 11 a 14 deste mês, a primeira no Estado após as convenções, Taques estava com 33,1%. Agora figura com 28,8%. 

O cenário hoje é de segundo turno, algo que seria inédito no Estado. Os demais candidatos não atingem a 2 pontos percentuais. José Roberto, do Psol, está com 1,9%. O jornalista José Marcondes, o Muvuca (PHS), registra 0,4%. Na sondagem estimulada, 28,9% se declararam indecisos.

 

 

ROMILSON DOURADO
DO RDNEWS

Comentários

Data: 02/08/2014

De: Lago Verde

Assunto: Pesquisa

Olha depois da desistência a releição a candidatura ao senado de Jaime Campos que se sentiu traído e sem apoio e vários outros, foi até pouco e é verdade se Pedro Taques não abrir o olho e ter um postura diferente essa sua liderança vai por água abaixo e nem precisa ser um conhecedor em política, o que vejo é que tem muito cacique é pouco indio neste palanque do Pedro Taques, vamos aguardar as próximas rodas de pesquisas.

Data: 04/08/2014

De: Indio Tupiniquim

Assunto: Re:Pesquisa


Lago Verde, a saída dos CAMPOS não vai mudar muita coisa não, pode ficar tranquilo.

Novo comentário