01/10/2016 - Sejudh empossa e capacita novos médicos do sistema penitenciário

01/10/2016 - Sejudh empossa e capacita novos médicos do sistema penitenciário

A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por meio da Diretoria de Saúde do Sistema Penitenciário, realizou na manhã desta quinta-feira (29.09) no Fórum de Cuiabá, a cerimônia de posse dos 18 médicos aprovados no processo seletivo 2016 para atendimento do sistema penitenciário. Os profissionais assinaram os contratos e receberam a capacitação de ingresso. No período da tarde, o grupo realizará uma visita às unidades prisionais de Cuiabá.

Foram contratados 12 clínicos gerais, três ginecologistas e três especialistas em saúde mental. Eles atenderão recuperandos de 14 unidades localizadas nos municípios de Água Boa, Alta Floresta, Cuiabá, Colíder, Juína, Lucas do Rio Verde, Nortelândia, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Sinop e Várzea Grande.

“Estamos muito felizes com o ingresso desses profissionais. Isso representa uma grande melhoria no atendimento de saúde no sistema penitenciário. Esses profissionais são muito necessários e nossos recuperandos precisam dessa atenção”, disse a secretaria-adjunta de Administração Penitenciária em exercício, Sibele Nardoni Roika, durante a cerimônia de posse.

Além da secretária-adjunta em exercício, estiveram presentes na cerimônia representantes da  2ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, do Núcleo de Execuções Penais (NEEP) do Ministério Público Estadual, Defensoria Pública de Mato Grosso, os superintendentes regionais de Gestão de Cadeias da Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (Saap) da Sejudh, Gilberto Vallias e Daniel Lucas Rondon e os diretores da Penitenciária Central do Estado (PCE), do Centro de Ressocialização de Várzea Grande e da Penitenciária Feminina Ana Maria de Couto May.

Em todas as falas estavam expressas a alegria pelo ingresso dos novos médicos e o agradecimento pela dedicação e empenho da equipe da Sejudh, com destaque para o diretor de saúde do Sistema Penitenciário, Hozano Delgado, responsável pelo processo de seleção dos profissionais.

Capacitação
O juiz da 2ª Vara Criminal a Comarca de Cuiabá, Dr. Bruno D’Oliveira Marques, e os promotores de justiça do NEEP, Josane Fátima de Carvalho Guariente e Célio Wilson de Oliveira ministraram a primeira palestra da manhã, com o tema “Justiça e Saúde”. Eles abordaram aspectos jurídicos do atendimento em saúde nas unidades penais e passaram orientações sobre procedimentos legais no exercício da função. Além disso, destacaram a importância da medicina preventiva e da atenção à saúde mental do recuperando.

“Precisamos, todos que lidam com o sistema penitenciário, sempre trabalhar a empatia. É necessário exercitar nosso olhar para além das questões técnicas, mas para a valorização do ser humano”, frisou Josane Carvalho, chamando atenção para a garantia dos direitos humanos e manutenção da dignidade do encarcerado. “Desejamos que os novos médicos sejam felizes na escolha e que façam a diferença na vida das pessoas que atenderão”, concluiu a promotora.

O defensor público José Edir de Arruda Miranda Júnior falou sobre o perfil da população carcerária de Mato Grosso e os desafios do atendimento a esse público. “As pessoas que estão privadas de liberdade já estão pagando pelos crimes que cometeram. Nossa missão é trabalhar para que elas saiam do sistema penitenciário melhor do que entraram. Para isso, precisamos garantir direitos e atendimento humanizado”, destacou o defensor público.

As médicas do sistema penitenciário, Drª Ana Amélia da Rosa e Drª Maria Cristina de Carvalho, realizaram a palestra “A prática da medicina em unidades penitenciárias” onde abordaram temas pertinentes à atuação e procedimentos médicos especializados. Encerrando a capacitação, o diretor de Saúde do Sistema Penitenciário, Hozano Delgado, fez uma apresentação sobre a legislação de saúde em nível nacional e estadual.

Esta foi a primeira capacitação ofertada pela Sejudh aos novos médicos, no entanto, todos os profissionais que ingressam no sistema recebem formação continuada para garantia da qualidade do serviço e valorização profissional. “Sabemos que o desafio de lidar com esse público é muito grande. Temos comprometimento com os nossos profissionais e com a segurança deles e dos recuperandos. Por isso nos dedicamos a capacitar e profissionalizar os servidores que atuam nas unidades”, concluiu Sibele Nardoni.

 

 

 

Assessoria Sejudh-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário