01/10/2012 - Mais de 1,2 mil pessoas participam da 3ª Corrida ‘De Cara Limpa Contra as Drogas’ da Polícia Civil

 

Com a participação de mais de 1.200 pessoas, a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso realizou neste domingo (30.09), a 3ª Corrida de Rua “De Cara Limpa Contra as Drogas”. O evento que busca a integração de policiais, comunidade e instituições demonstrou pelo 3º ano, que o esporte, além de manter o corpo saudável é a melhor maneira de tirar crianças, adolescentes e jovens do mundo das drogas.
 
Muito mais que premiação, a disposição dos competidores das cinco categorias: delegado de polícia, investigador, escrivão, universitário e geral, feminino e masculino, mostra o envolvimento dos participantes com a proposta do programa, a prevenção ao uso de drogas ilícitas. Uma das atrações da prova foram os bichos da seleção  pantaneira, da TV Centro América e o mascote Bomdog do programa De Cara Limpa Contra as Drogas.
 
O delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Anderson Garcia, disse que a Instituição é parceira do Estado no pacto de enfrentamento às drogas por meio das ações de repressão ao tráfico de drogas e do programa De Cara Limpa Contra as Drogas. “Essa  corrida é mais um ato de prevenção que a Polícia Judiciária Civil, como um órgão de Estado consciente de sua responsabilidade social, também colabora com a população mostrando aos jovens que a melhor coisa é ficar longe das drogas, sempre preservando e incentivando a saúde de todos”, pontuou.
 
Desde as 6 horas da manhã, atletas conhecidos, policiais e pessoas da comunidade começaram a chegar para retirada do chip e da camiseta, em frente à biblioteca da Universidade Federal de Mato Grosso, ponto de largada e chegada da corrida.
 
A organização do evento, que teve o envolvimento de mais de 100 pessoas nas diversas funções, desde a segurança dos competidores, saúde, distribuição do material e água, foi uma pontos destacados pela delegada Alana Cardoso. “A corrida é uma forma de agregar os policiais e a comunidade como um todo. Estamos muito felizes neste ano. Deu muito trabalho, mas conseguimos encerrar as inscrições antes do prazo, pelo volume de inscritos”, frisou a delegada, que também foi a primeira colocada na categoria de delegado de polícia feminino, seguida da delegada Juliana Chiquito Palhares, que recebeu o segundo lugar .
 
Cedido pela Secretaria de Estado de Esporte, o chip foi à inovação deste ano e contribuiu para a rapidez da prova e controle exato do tempo de classificação de cada um dos participantes.
 
O presidente da Federação Matogrossense de Esportes Universitário e investigador de polícia, Alexandre Bregunci, destacou a parceira dos órgãos a e integração com a comunidade
universitária. “Agradecemos a parceria com a Polícia Judiciária Civil e estamos muito felizes com o resultado dessa prova, que a cada ano vem quebrando record. Neste ano rompemos a barreira de mil inscritos. Na primeira tivemos 500 e na segunda corrida 700”, frisou.
 
Com 86 anos de idade, o senhor Cedil Pereira Lima, correu na categoria geral. Ele recebeu medalha de participação do delegado geral da PJC, Anderson Garcia, por ter terminado todo o percurso da prova na mesma condição que muitos jovens. Cedil ainda tirou “onda” dizendo: “meu fraco é 10 quilômetros”, em relação aos 5 km da  corrida. “Não podia deixar de participar porque participei nos outros anos. Para mim é a maior gratificação estar no meio dos competidores. Nunca teve competição que eu não terminasse”, disse.
 
Na categoria geral, os dois primeiros colocado foram Margarida Silva Sabino e Florence Lima Verde, no feminino. No masculino venceram Fernando Silva e Alexandre Bispo Costa. A atleta Nadir Sabino foi à ganhadora do primeiro lugar na categoria universitário feminino.
 
A investigadora de polícia de Primavera do Leste, Tatiane Schmidt Gonçalves, foi à primeira colocada em sua categoria. “Participo desde a primeira corrida. Da primeira fiquei em 2º lugar. Na segunda tirei 2º lugar e agora treinei para ficar em primeiro. Gostei muito de participar”, disse.  
 
Na categoria investigador de polícia, masculino, o primeiro colocado foi o policial civil de Barra do Garças, Eladio Crisostomo de Oliveira, que participa pela 2ª vez da corrida. “Continuo 100% correndo. Agora um pouco melhor e quero fazer um desafio para nossos colega investigadores, que deixem um pouquinho do final de semana para correr um pouquinho e a gente se encontrar na Corrida de Reis, que o esporte é saúde é vida”, desafiou.
 
Os escrivães de polícia Francileia de Oliveira Silva, de Cuiabá, e Fernando Pereira da Silva, de Barra do Garças, são bicampeãos na categoria, feminino e masculino. “Continuei treinando e graças a Deus cheguei em primeiro de novo. O mais importante é participar e dar o exemplo para as pessoas continuarem praticando esporte”, disse Fernando.  
 
“Está de parabéns da Polícia Civil com o programa De Cara Limpa Contra as Drogas, com o intuito de prevenção de adolescentes e jovens e o esporte é essencial para isso”, completou a escrivã Francileia.
 
Representando os delegados de polícia, o delegado do curso de Formação da Academia de Polícia, Marcelo Miranda Muniz, recebeu troféu e medalha pelo primeiro lugar na categoria masculino. “Com saúde a gente consegue manter a cabeça no lugar e consegue realizar um bom trabalho. Estou entrando agora na Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso e procuro manter a cabeça e o corpo saudável para desenvolver um bom trabalho”, disse.
 
O secretário Adjunto de Segurança, Alexandre Bustamente, ajudou na entrega da premiação aos vencedores dos cinco primeiros lugares. Bustamante destacou que a Secretaria de Segurança Pública (Sesp) tem como um dos pilares a prevenção as drogas. “Os eventos promovidos pelo programa De Cara Limpa Contra as Drogas  demonstram integração, pois traz a diretoria da Polícia Civil, as associações, os sindicatos, os parceiros, Bombeiros, Exército, Polícia Militar, todos para participar de um evento que nada mais é o nosso intuito, combater a droga de diversas frentes tanto na repressão quanto na prevenção”, ressaltou Alexandre Bustamante.
 
 A classificação geral de todos os competidores estará disponível no site da Polícia Judiciária Civil a partir desta segunda-feira (01.10).
 
LUCIENE OLIVEIRA
Assessoria/PJC-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário