01/12/2014 - Morre terceira vítima de grave acidente em viaduto da Capital

Morreu, neste domingo (30), mais uma vítima do acidente que ocorreu na madrugada de quarta-feira (26), no Viaduto da MT-040, na Avenida Fernando Corrêa da Costa.

Trata-se de J.P.B., de 27 anos, que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto-Socorro de Cuiabá desde o dia do acidente.

A Secretaria Municipal de Saúde informou, por meio de de sua assessoria, que o óbito foi confirmado às 12h45. O corpo será encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML).

J.P.B. era motorista do Punto, da marca Fiat. Ele estava sedado, respirando por aparelhos, e havia sofrido contusão pulmonar e aspiração brônquica, no momento do acidente.

Até esta manhã, ele respirava com a ajuda de aparelhos e seu quadro era considerado gravíssimo e instável.

Na última sexta-feira, ele apresentou febre e havia dado início ao tratamento de hemodiálise.

Mais vítimas

J.P.B. já é a terceira vítima fatal do acidente, que envolveu seis veículos - incluindo uma moto e uma viatura da Polícia Militar.

No local do acidente, faleceu D.K, 20, após bater seu veículo, um Corolla, com o Punto e um Gol que estava parado na contramão no viaduto. Outras seis pessoas ficaram feridas, incluindo um Policial Militar.

A segunda vítima foi L.S.C, de 30 anos, que estava no banco de passageiro do Punto e faleceu na última sexta-feira (28), após dias internado na UTI do Pronto-Socorro.

O dono do Gol parado na contramão, J.L.J., estaria embriagado e foi preso em flagrante. 

Demais vítimas

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, as demais vítimas permanecem internadas no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá.

O cabo da PM E.D.S., de 45 anos, está na UTI do Pronto-Socorro. Ele foi atingido por um dos veículos na múltipla colisão, quando sinalizava a pista.

Segundo a assessoria, a sedação foi retirada para verificar a reação do paciente durante 24 horas e ele continua respirando por aparelhos.

Seu quadro é considerado gravíssimo e instável e ele está fazendo tratamento de hemodiálise.

Ele passou por uma cirurgia na tarde de quarta-feira na região do crânio, para colocação de dreno no local do hematoma. 

Também segue na UTI do Pronto-Socorro o jovem M.K., de 18 anos.

Ele está sedado e sofreu contusão pulmonar, laceração do fígado e fratura do quadril.

Apesar de seu caso ser considerado grave, ele está estável.

O caso menos grave, segundo a assessoria, é o da vítima J.P.F.S., de 22 anos. Ele está internado na enfermaria ortopédica para recuperação, depois de sofrer uma fratura de bacia durante o acidente.

O acidente

Na madrugada desta quarta-feira, o motorista J.L.J. parou seu carro, um Gol de cor preta, na contramão no Viaduto da MT-040, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, na Capital.

Ao verificar a razão pela qual o motorista havia estacionado na contramão, D.passou a sinalizar a pista, mas acabou sendo atingido por um outro veículo Gol, que descia o viaduto.

Segundo a PM, a pista estava sinalizada e o giroflex da viatura estava ligado, mas isso não foi o suficiente para o motorista reduzir a velocidade.

A viatura da PM foi atingida e, na sequência, mais três veículo se envolveram no acidente, resultando em uma morte e mais seis feridos.

Ao todo, seis veículos, inclusive a viatura da PM foi atingida.

 

 

Lislaine Dos Anjos 
Da Redação