01/12/2015 - Empresário da China inicia diálogo com o Estado sobre construção da hidrovia do Rio Tocantins

01/12/2015 - Empresário da China inicia diálogo com o Estado sobre construção da hidrovia do Rio Tocantins

O gerente-geral da XGMA no Brasil, Joaquim Zheng, foi recebido na ultima sexta-feira, 27, na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), em Palmas, pelo superintendente de Desenvolvimento Econômico, Vilmar Carneiro, e o diretor de Desenvolvimento Estratégico e Atração de Investimentos, Paulo Mendonça, que fizeram apresentação da atual conjuntura econômica do Estado, incluindo a região do Matopiba,  suas perspectivas para a próxima década e as oportunidades de negócios envolvendo a construção e exploração da hidrovia do Rio Tocantins como via de escoação da produção agroindustrial regional.

A hidrovia, unida à Ferrovia Norte/Sul e à malha rodoviária do Estado, complementará a logística de transporte de grãos e outras comodities produzidas no Estado, além de incrementar o desenvolvimento industrial.

Vilmar Carneiro explicou que o Brasil ainda não tem expertise nesse tipo de concessão e que a parceria do Governo estadual seria no sentido de articular junto ao governo federal os mecanismos legais e segurança jurídica para execução do projeto, do estudo de viabilidade técnica e econômica, além da construção e concessão para operar a hidrovia. “Serão 12 portos fluviais no Estado ao longo do rio. Isso implica uma série de outros investimentos em infraestrutura e indústria de base, como a construção e manutenção de barcaças e a construção civil, além da produção de produtos manufaturados”, disse o superintendente.

Paulo Mendonça, por sua vez,  observou que as embarcações não apenas terão carga assegurada rumo aos portos marítimos, como também no retorno, o que viabiliza o investimento.

O executivo Joaquim Zheng se mostrou entusiasmado e afirmou que o governo chinês tem incentivado os grandes empresários do país a investirem no exterior, sobretudo no Brasil, e que todas as operações nesse sentido têm suporte total das instituições bancárias estatais da China. “Não trabalhamos isoladamente. Somos sum grupo interativo, que discute todas as possibilidades de um projeto, e certamente este será levado para discussão”, afirmou.

Sediada em São Paulo e com distribuidora no Tocantins, a XGMA no Brasil é uma gigante chinesa que tem como atividade principal o comércio atacadista (importação e exportação); e como atividades secundárias, o comércio de produtos que variam entre ferragens, ferramentas, tecidos, equipamentos eletroeletrônicos e de uso pessoal e doméstico, locação de equipamentos pesados automatizados para a construção civil, holding de instituições não financeiras e outros.

Empresário da China inicia diálogo com o Estado sobre construção da hidrovia do Rio Tocantins

Maria José Batista

Governo do Tocantins

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário