01/12/2015 - Tiros, corre-corre, tumulto, uma pessoa morta e duas baleadas em casa de eventos

01/12/2015 - Tiros, corre-corre, tumulto, uma pessoa morta e duas baleadas em casa de eventos

Uma festa acabou em pancadaria, muitos tiros, tumulto, corre-corre, uma pessoa morta a tiros e outras duas baleadas. Uma delas em estado grave. O ex-presidiário Antônio Jesus Barros da Conceição Júnior, de 23, anos, foi ferido dentro da casa. Tentou escapar das balas, mas caiu morto no portão.

 

A confusão, segundo a Polícia Militar, aconteceu por volta das 21 horas da noite deste domingo, 29, dentro de uma casa de eventos localizada na Rua Ramiro de Noronha, no Jardim Cuiabá, área central da Capital.

 

Os outros dois jovens – nomes não revelados -, de 20 e 22 anos respectivamente, também feridos a bala. As duas vítimas foram socorridas para o Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC), onde foram medicadas e ficaram em observação médica.

 

Até o momento, no entanto, a Polícia ainda desconhece a origem da confusão. Sabe apenas que tudo começou dentro de uma festa. Os tiros geraram tumulto e corre-corre, entre as pessoas que estavam no local e tentavam, na tentativa de escapar das balas.

 

A Polícia também nãos abe ainda, quem foram o autor, os autores dos tiros. O caso já está sendo investigado por policiais da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), chefiados pelo delegado André Renato Gonçalves.

 

O corpo de Antonio Jesus de Barros da Conceição Júnior, que segundo a Polícia havia saído recentemente de uma penitenciária, onde cumpria pena – a Polícia não revelou que tipo de crime -, foi removido do local de crime para o Instituto Médico Legal (IML), por investigadores da DHPP. Até o momento ninguém foi preso.

 

 

 

José Ribamar Trindade

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário