02/01/2016 - Governo fecha 2015 com 530 km de asfalto

02/01/2016 - Governo fecha 2015 com 530 km de asfalto

O Governo de Mato Grosso encerrou 2015 com a construção e a reconstrução de cerca de 530 quilômetros de rodovias estaduais. O resultado ameniza a situação de Mato Grosso, que é um dos estados com a pior malha rodoviária do Brasil, sem nenhuma rodovia considerada ótima pela pesquisa de 2015 da Confederação Nacional dos Transportes (CNT).

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, o primeiro ano da atual administração foi de adaptação. Mesmo assim, importantes obras foram realizadas a todo vapor.

“Queremos mudar a ‘cara’ da infraestrutura de 
Mato Grosso. Esse foi apenas o primeiro passo, o que mostra que estamos no caminho certo, do trabalho focado com planejamento das nossas ações. Superado o período de adaptação ao ritmo do Estado, nossa perspectiva para 2016 é realizar ainda mais obras, apesar de o cenário econômico não ser o mais favorável”.

Conforme balanço prévio da Sinfra, o Estado executou obras em regiões diversas, favorecendo interligações que irão beneficiar o maior número de mato-grossenses.

No que se refere às novas rodovias que estão “nascendo”, o secretário destacou obras relevantes sob o ponto de vista da logística, as quais vão favorecer o acesso a serviços públicos, escoamento da produção agrícola e melhoria da qualidade de vida do cidadão.

O Governo do 
Estado pavimentou rodovias como a MT-220 que, assim que for finalizada, irá conectar os municípios de Tabaporã, Sinop, Porto dos Gaúchos, Juara e outros da região Norte.

Foram construídos também 33 quilômetros da rodovia MT-020, na região de 
Canarana, beneficiando os cidadãos que vivem no nordeste do estado. Além disso, outros 36 quilômetros entre Nova Nazaré e Cocalinho foram construídos com asfalto de qualidade. Estas obras devem ser entregues à população em 2016 pelo governador Pedro Taques.

Em termos de reconstrução de rodovias que estavam deterioradas pela falta de manutenção em anos anteriores a 2015, o Estado conseguiu reconstruir as rodovias MT-130 (cerca de 37 km considerados críticos entre Paranatinga e Primavera do Leste),  MT-251 (trecho que havia mais buracos entre o trevo de acesso ao Manso e o Rio Mutuca), MT-060 (de Nossa Senhora do Livramento a Poconé) e MT-241 (que liga 
Nobres ao Distrito de Bom Jardim).

 

 

 

Ericksen Vital | Sinfra-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário