02/02/2011 10h:00 Mãe é indiciada por agredir filha em Vila Rica

 

Um mulher foi presa no município de Vila Rica (1.259 km a Nordeste) por agredir a própria filha de 14 anos. A suspeita, Marinês Nogueira Bueno, 32, foi presa em flagrante por policiais civis e militares da cidade, depois de bater na filha, simplesmente porque a adolescente queria ir para escola mais cedo.

A indiciada estava em uma festa e teria ingerido bebida alcoólica. Depois de discutir com a garota, a mãe levou a filha até o banheiro e a agrediu com socos e pontapés. Com um cabo de madeira desferiu ainda vários golpes no braço da menina que quase fraturou.  A adolescente precisou ser encaminhada ao pronto-atendimento médico de Vila Rica para curativos.
Marinês foi indiciada por lesão corporal, com base no Artigo 129 do Código Penal Brasileiro, e aplicado fiança de R$ 510. Após pagamento foi
 

liberada para responder pelo crime em liberdade.

 

A filha não quis representar contra a mãe e por conta disso o Conselho Tutelar não foi acionado. Porém, foi nomeada uma conselheira como curadora para acompanhar o depoimento da menor na Delegacia.

O delegado Vitor Chab considerou banal o motivo da agressão.

Assessoria/PJC-MT