02/02/2013 - Ministério Público investiga invasão de fazenda e expulsão de famílias

O Ministério Público Federal (MPF) em Mato Grosso instaurou inquérito civil público para apurar denúncia sobre suposta invasão -- por fazendeiros -- de terra desapropriada. Em 2010, eles teriam invadido a fazenda “Santo Antônio”, na gleba Santa Edvirges, em Nova Canaã do Norte (700 km de Cuiabá).

No episódio, 30 famílias de assentados acabaram sendo expulsas e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) não teria tomado nenhuma providência.

O procurador da República Adriano Fernandes determinou o encaminhamento de ofício à superintendência regional do Incra para que, no prazo de dez dias, o órgão “informe se tem conhecimento sobre a invasão cometida pelos fazendeiros Nilton Braga (da fazenda Estrela), Rubão (da fazenda Recreio) e Isaías (da fazenda Portal)”.

O Incra deverá ainda dizer qual a assistência dada às famílias expulsas e se providências foram tomadas para a restituição da área. O inquérito foi instaurado no último dia 26 porque há necessidade de mais informações e de maior prazo e também por causa da complexidade do caso.

 

De Brasília - Catarine Piccioni

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário