02/07/2011 – 07h:20 Aluna da UFMT representará o Brasil no Mundial Universitário de Xadrez

 

Aos 19 anos, Ana Vitória de Paula Rothebarth, estudante de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) irá representar o Brasil no maior evento de xadrez universitário, em nível mundial, que acontecerá em agosto, na China.

Ana Vitória, que está no 3° semestre, foi convidada a participar da Seleção Brasileira de Xadrez. Ela concilia a faculdade com os treinos, a que ela, geralmente, dedica duas horas por dia. Segundo Ana Vitória, o incentivo dos pais para jogar xadrez foi essencial para suas vitórias.

Ela começou a jogar aos 10 anos e entre os principais títulos conquistados está o Brasileiro de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos; o Campeonato Mato-Grossense Absoluto (todas as idades) de 2007; o Panamericano de 15 a 17 anos (campeã); o Brasileiro Absoluto feminino em 2010 (vice-campeã) e os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs),  em que foi classificada para ir ao mundial. Na próxima semana, entre 07 e 10 de julho, Ana Vitória irá participar do Brasileiro Feminino Geral, que será em Balneário Camboriú, Santa Catarina. O destaque nas competições lhe proporcionou uma bolsa de um clube de São José do Rio Preto, interior de São Paulo. No ano que vem, Ana vitória participa do Mundial em Zurick, na Alemanha.

 ‘’É um orgulho ter a Ana Vitória como aluna da UFMT.  Nossa política reconhece que o esporte é essencial para complementar a formação acadêmica dos alunos, agregando valores passados em sala de aula. Por isso, investimos nesses atletas para entregá-los à sociedade’’, diz o pró-reitor de Cultura, Extensão e Vivência, Fabrício Carvalho.

As escolinhas de esportes da UFMT atendem cerca de mil crianças em diversas modalidades. O coordenador de Esportes e Vivência da Procev, professor Hildebrando Daltro ressalta a importância das ações realizadas por esta gestão em relação ao esporte, ‘’trazendo de volta o Unicuia, incentivando jogos universitários e de intercursos nos três campi’’.  Segundo Fabrício, “a reitora Maria Lúcia Cavali Neder, sempre deixou claro a vontade de fazer do esporte e da cultura parte da formação dos alunos”.


24 Horas News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário