02/07/2013 - Padrasto é preso por ato libidinoso em enteada de 8 anos

A Polícia Civil de Aragarças-GO, divisa com Mato Grosso, cumpriu na manhã de segunda-feira (1) um mandado de prisão contra padrasto acusado de atos libidinosos contra enteada, uma garotinha de 8 anos. O assédio foi confirmado pela própria menina em relato a delegada Azuen Albarello. 

A menina conta que era molestada pelo padrasto quando a mãe saia de casa onde ele pediu para sentar no colo e passava a mão. A mãe da menina chegou a duvidar da história contada pela filha e continuou morando com o suspeito. 

A delegada ficou sabendo de que o homem permanecia na mesma casa e que teria voltado a bolinar a garota e por isso a Polícia Civil pediu a prisão do acusado. “A menina relatou que ele pegava sempre nas partes íntimas dela por isso decidimos agir e avisei ao Judiciário”, frisou. 

Azuen acrescentou dispõe de gravação de áudio e vídeo onde o suspeito admite que tocou na criança e isso para ela é suficiente para deixá-lo preso por algum tempo. “Ele pensa que o crime é só quando tem a penetração de maneira alguma hoje somente o ato de bolinar a criança já entra também dentro de estupro de vulnerável”, salientou. 

O acusado nega o crime. O advogado dele informou que ingressará com o pedido de relaxamento da prisão do padrasto.

 

De Barra do Garças - Ronaldo Couto

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário