02/08/2011 - 08h:25 Polícia prende 'estuprador' que já teria feito vítimas em 4 estados

 

Ele teria confessado estupro de duas meninas em depoimento, diz polícia. Um homem foi preso em João Pessoa, na quinta-feira (28), suspeito de estuprar 11 pessoas. Entre as vítimas estão adolescentes e crianças. Todas as vítimas teriam reconhecido o suspeito como o autor do crime. No entanto, segundo a polícia, ele teria confessado em depoimento o estupro de duas meninas, de 9 e 11 anos, mas negou o envolvimento nos outros casos.

A delegada Joana D’Arc Sampaio Nunes, responsável pelo caso, afirmou que o rapaz é suspeito de praticar os estupros há pelo menos dois anos na Região Metropolitana de João Pessoa. Ele também será investigado pela morte de uma adolescente de 15 anos. O corpo foi encontrado no início de julho, com sinais de abuso.

“Ele embriagava ou dopava as crianças, que eram abordadas na rua. Depois, levava as vítimas para imóveis que ele alugava. Chegamos até o suspeito depois da descrição da menina de 11 anos, que ele dopou e levou para a casa onde está morando no momento”, disse a delegada. “Ele usava armas para abordar as vítimas mais velhas, mulheres, e obrigá-las a entrar no veículo. Elas eram levadas para locais ermos e estupradas. Depois, eram deixadas no mesmo local onde tinham sido abordadas”

Segundo Joana, as vítimas não conseguiam anotar placas dos veículos usados durante a abordagem.

O rapaz permanecerá detido na Central de Polícia de João Pessoa. Após a prisão, os policiais apreenderam um carro e uma moto usados para praticar os crimes, além de um notebook.
Após a divulgação das imagens do suspeito, outras supostas vítimas entraram em contato com a polícia e devem fazer reconhecimento do suspeito na próxima semana.

Ele trabalhava como web designer e tem 3 filhos, mas estava separado da mulher, segundo a delegada...

SUSPEITO FILMAVA OS ESTUPROS
O suspeito de estupros filmou o abuso praticado contra uma menina de 11 anos, segundo informações da delegada responsável pelo caso, Joana D'Arc Sampaio Nunes.

A delegada disse que a gravação estava no notebook do suspeito e foi feita com uma webcam. "Ele a levou para uma quitinete onde ele vivia sozinho, dopou a menina com álcool e drogas, psicotrópicos. (...) Dá para reconhecer com clareza [a vítima nas imagens]", disse a delegada. O computador foi levado para a perícia.

A polícia afirma que ele usava nome falso e que tinha mandados de prisão por estupro em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte.

A delegada aguarda a conclusão de perícias no notebook e na câmera fotográfica do rapaz para concluir o inquérito.Também são aguardados resultados de exames de DNA para apontar se há vestígios de sêmen dele nos corpos de duas meninas - de 9 e 11 anos - e de uma adolescente de 15 anos encontrada morta no início de julho com sinais de abuso.

 

Escrito por JN   

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.