02/08/2016 - Baiano Filho articula retomada das obras de acesso entre MT e Goiás

02/08/2016 - Baiano Filho articula retomada das obras de acesso entre MT e Goiás

Uma das principais bandeiras do deputado estadual Baiano Filho é atuar a favor do desenvolvimento logístico de Mato Grosso, em especial da região Araguaia, que ainda é a que mais requer investimentos condizentes com o potencial local.

Para tanto, o parlamentar não mediu esforços na articulação junto ao Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), e até mesmo junto ao Governo de Goiás para viabilizar a retomada de uma importante obra que facilitará o acesso entre os dois estados.

No último sábado (30.07), juntamente com os governadores Pedro Taques e Marconi Perillo - de Mato Grosso e de Goiás, respectivamente -, Baiano Filho participou do ato de lançamento das obras para encabeçamento da Ponte de 577 metros sobre o Rio Araguaia, no município de Cocalinho.

"Esta obra simboliza o compromisso dos dois governos (Goiás e Mato Grosso) com o desenvolvimento do Araguaia. É uma conquista para toda a região e vamos acompanhar para que essa e outras obras, já em andamento, e outras a serem lançadas, alavanquem ainda mais o pujante Araguaia”, afirmou Baiano Filho.

De acordo com o governador de Mato Grosso, o investimento do Estado será de R$ 2 milhões e as obras começam imediatamente. As obras serão tocadas pela empresa Emsa.

“A Sinfra também tem a determinação de no ano de 2017 fazer a pavimentação dos 42 quilômetros até Cocalinho", adiantou Pedro Taques.

O governador de Goiás, Marconi Perillo, lembrou que a obra sempre foi um grande sonho da região. Destacou que as primeiras tratativas com Mato Grosso começaram na gestão do ex-governador Dante de Oliveira (já falecido). Desde então, o Estado de Goiás iniciou a construção através de Parceria Público-Privada (PPP).

Perillo avalia que a ponte materializa o que os governadores do Brasil Central têm como ideal, a integração entre os Estados participantes. "Eu estou feliz porque agora vamos ter condições de fazer a cabeceira da ponte e construir os acessos com asfalto, e dar funcionalidade a esta ponte", comemorou.

O secretário de Estado de Infraestrutra e Logística de Mato Grosso, Marcelo Duarte Monteiro, destacou que o uso da ponte também vai propiciar o direito constitucional de ir e vir. "Hoje essas pessoas que precisam ir para o outro lado dependem de balsa. Não pagam barato e ainda têm uma limitação de horário, ou seja, se não chegar no horário a pessoa acaba ficando do outro lado do rio e isso tem que acabar", finalizou.

 

 

Assessoria

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário