02/09/2015 - Indea realiza curso de capacitação para controle e erradicação da praga Broca Conígera

 O Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea) abriu inscrição para o “III Curso de Certificação Fitossanitária de Origem sobre a Praga Quarentenária Broca Conígera”, que será realizado de 9 a 11 de setembro, no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), em Cuiabá. A taxa de inscrição é 3,15 UPF-MT (Unidade Padrão Fiscal), cerca de R$ 373, e pode ser feita pela internet até sexta-feira (4). 

 
 
O curso visa capacitar engenheiros agrônomos e florestais para habilitação em Certificação Fitossanitária de Origem e Certificação Fitossanitária de Origem Consolidada da produção de madeira de espécies florestais hospedeiras da praga Sinoxylon unidentatum, conhecida como “broca conígera”, com ênfase para a cultura da teca. 
 
 
Serão 18 horas de capacitação, na qual serão abordados: a biologia sintomatologia e ações de prevenção e controle da praga, com aulas teóricas e práticas em laboratório. As aulas serão ministradas por Muriel Santos Rizental, professora e pesquisadora de pragas agrícolas nas culturas de soja, algodão, milho, grãos armazenados e essências florestais; Omar Roberto da Silveira, da Superintendência Federal de Agricultura (SFA-MT/Mapa), e Márcia B. Martins, da Coordenadoria de Defesa Sanitária Vegetal (CDSV/Indea). 
 
 
Mato Grosso tem cerca de 60 mil hectares de teca plantada e é o único estado do país com a presença da praga. Por isso a importância de mais profissionais capacitados para o controle da praga e para a Certificação Fitossanitária, visando garantir segurança fitossanitária do produto e possibilitar a exportação da madeira para outros estados e países. 
 
 
O curso é uma realização do Indea com apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Associação de Reflorestadores de Mato Grosso (AREFLORESTA). 
 
 
 
 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário