02/09/2016 - Em visita a São Félix e Vila Rica, Corregedor Eleitoral alerta candidatos para eleições limpas

O corregedor regional eleitoral e vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, desembargador Luiz Ferreira da Silva, visitou a 15ª Zona Eleitoral de São Félix do Araguaia e a 16ª Zona Eleitoral de Vila Rica nesta terça-feira (30/08), onde se reuniu com candidatos, representantes de partidos e coligações, para levar a mensagem da Justiça Eleitoral por eleições limpas, sem sujeira nas ruas e sem corrupção.

"Queremos deixar claro a todos que, por se tratar de uma eleição municipal, a autoridade maior é o juiz eleitoral. Mas o Tribunal não se amputará, o momento que for solicitado, de dia ou da noite, de contribuir com a resolução de qualquer problema que porventura venha surgir nessas eleições. Nós estamos com todas as forças políticas e de segurança voltadas para essa finalidade, que é garantir eleições limpas, em todos os sentidos. Estamos com o apoio incondicional da Polícia Militar, da Polícia Civil, da Polícia Federal, do Exército. Nós temos mapeado todas as urgências e as dificuldade", disse o desembargador Luiz Ferreira da Silva, durante o evento em Vila Rica.

Acompanhado do juiz auxiliar da presidência, Lídio Modesto da Silva Filho, o corregedor lançou nestas duas zonas eleitorais a Campanha Cidade Limpa. "Esta campanha tem o objetivo de fazer com que os eleitores e candidatos se unam para que a cidade não seja poluída com os santinhos, nem na porta dos locais de votação, nem em outras vias públicas. Queremos uma eleição limpa, não só no sentido na seriedade do eleitor e do candidato, mas da limpeza física das vias e prédios públicos e privados, utilizados como locais de votação".

O juiz eleitoral Jorge Ibrahim disse que é a primeira vez, na história de Vila Rica, que um desembargador do TRE-MT visita o município. "Isso mostra o fortalecimento das instituições democráticas. A finalidade desta visita não é apenas conhecer pessoalmente esta região, mas debater de forma esclarecedora questões do processo eleitoral", disse o magistrado, ao agradecer a visita do corregedor.

Nas visitas às duas zonas eleitorais, o juiz auxiliar da presidência do TRE-MT, Lídio Modesto da Silva Filho, explicou aos candidatos, advogados e representes das coligações, os trabalhos da Justiça Eleitoral e as alterações na legislação eleitoral, promovidas pela Lei 13.165, conhecida como reforma eleitoral de 2015.

"Assim que finda uma eleição o TRE já começa a se preparar para o próximo pleito. É um trabalho bastante complexo, porque é a segunda maior operação logística do Brasil, nós só perdemos para os Correios. É bastante abrangente o trabalho. Paralelamente a isso, nós temos os aparatos de segurança, não somente a segurança simples de se fazer a eleição ou de como fazer a urna chegar ao lugar mais longe, mas também o serviço de inteligência contra a corrupção eleitoral. Temos o Gabinete de Gestão Integrada das Eleições, que cuida das atividades de logística de distribuição de urnas, de alimentos, de transporte de pessoas e da participação da Polícia Militar, Polícia Civil, do Exército, Marinha e de outras instituições parceiras, para que no dia das eleições o eleitor possa se deslocar de sua residência e ter essa segurança no momento do voto", explicou o juiz Lídio Modesto. Ele explicitou ainda que os canais para recebimento de denúncias eleitorais são o Ministério Público Eleitoral e a Ouvidoria Eleitoral do TRE-MT.

Tanto em Vila Rica quanto em São Félix do Araguaia, os candidatos puderam sanar dúvidas em relação às mudanças na legislação eleitoral.

Também participou da visita às zonas eleitorais o juiz-membro do TRE-MT, Flávio Bertin, e o coordenador jurídico da Corregedoria Regional Eleitoral, Mauro Diogo.

 

 

 

Assessoria TRE

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário