02/10/20133 - Sintep se reúne com deputados para tentar por fim a greve

A pedido dos deputados estaduais, representantes do Sintep (Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso) se reúnem com o colégio de líderes da Assembléia Legislativa na manhã desta quarta-feira (02) para discutir as reivindicações dos professores e tentar reverter a decisão do executivo de corte de pontos da categoria que está em greve há 52 dias.

 

O Governo do Estado resolveu endurecer e abrir processo administrativo contra os profissionais em estágio probatório, rescindir os contratos dos servidores temporários que representam mais de 30% da força de trabalho da Educação bem como garantir o direito daqueles que desejarem trabalhar, além de cortar o ponto e descontar em folha os dias parados a partir desta terça-feira (1º) de outubro. Até o momento os professores estaduais permanecem de braços cruzados, e declaram considerar uma intimidação.

 

O aviso de corte aconteceu diante do não cumprimento de decisão judicial que determina o retorno de 50% dos profissionais ao trabalho, no entanto, o presidente do sindicato, Henrique Lopes do Nascimento, declarou que apesar da medida, não é justificável o corte de pontos.

 

Em comunicado oficial, o Governo lembrou que os profissionais da Educação de Mato Grosso recebem o quarto melhor piso salarial do Brasil e que já concedeu reajuste salarial de 49,44% para a categoria, o que significa 25,89% de ganho real, ou seja, descontada a inflação. (Colaborou Lorena Bruschi).

 

Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário