02/10/2015 - Comissão quer mapear potencial turístico de MT e eleger as maravilhas do estado

Sete projetos tiveram parecer favorável da Comissão de Indústria, Comércio e Turismo da Assembleia Legislativa, que se reuniu na tarde desta quarta-feira (30). Os deputados acataram a ideia de mapear os potenciais turísticos dos 141 municípios para depois eleger pelo menos 10 locais como "os mais bonitos" para se conhecer em Mato Grosso.

 

A sugestão foi dada pelo deputado Dilmar Dal' Bosco (DEM) e a intenção é pedir auxílio aos próprios municípios para que encaminhem à comissão os pontos turísticos e assim criar uma seleção denominada “As 10 maravilhas do estado”. O objetivo é fomentar o turismo e divulgar as belezas de Mato Grosso.

 

O presidente do grupo, deputado Max Russi (PSB), acolheu a sugestão e solicitou da equipe técnica para encaminhar os ofícios às prefeituras mato-grossenses. Ao final, com a possibilidade produzir um documentário sobre as belezas do estado para que possa ajudar a divulgar e atrair turistas. Russi lembrou que o setor turístico tem crescido e, como um importante segmento, ajudará no incremento da receita dos municípios.

 

Entre os projetos analisados, foi dado destaque à proposta de autoria do deputado Eduardo Botelho (PSB), que institui a "Rota do peixe do Vale do Rio Cuiabá". Relatado pelo deputado Max Russi, a matéria foi aprovada e o parlamentar destacou a importância da proposição, que tem como objetivo incentivar o potencial gastronômico regional e do ecoturismo, impulsionar a produção artesanal e industrial da cadeia do peixe, criar oportunidades de emprego e renda, a permanência das famílias nas comunidades pesqueiras, entre outros.

 

Dilmar parabenizou Botelho pela iniciativa e destacou a necessidade de estimular a capacitação e qualificação das comunidades ribeirinhas, que por meio do projeto poderão criar núcleos de produção e agregar valor ao produto. O projeto ainda estimula a agricultura familiar, com a difusão de tecnologias através de cursos, palestras e assistência técnica sobre a cadeia produtiva local.O deputado Ondanir Bortolini (PR) ressaltou o fato de a matéria garantir o desenvolvimento da piscicultura em Mato Grosso.

 

Outra proposta elogiada na comissão, de autoria do deputado Gilmar Fabris (PSD), trata da "Política de Incentivo à Incubação de Empresas e Cooperativas". Dilmar foi o relator do projeto e destacou a importância de estimular o conhecimento e o sistema cooperativista.

 

Também de autoria de Fabris, a matéria que dispõe sobre a concessão de tratamento diferenciado e simplificado às micro e pequenas empresas nas licitações públicas destinadas às aquisições de bens e serviços, no âmbito da administração pública estadual, foi aprovada sob a relatoria de Nininho.

 

A matéria que dispõe sobre a comercialização e o uso de fogos de artifícios e artefatos pirotécnicos, de autoria do presidente da Casa, deputado Guilherme Maluf (PSDB), também recebeu parecer favorável do relator, Max Russi.

 

Matéria aprovada, de autoria do ex-deputado José Riva (PSD), dispõe sobre a regularização das atividades suplementares em farmácias, drogarias e estabelecimentos congêneres. O deputado Nininho foi relator e deu parecer favorável.

 

De autoria do deputado Wilson Santos (PSDB), o projeto que institui o Programa Estadual MT Afroempreendedor foi aprovado sob a relatoria de Dilmar.

 

Relatado por Dilmar, o projeto de Emanuel Pinheiro (PR), que trata da fiscalização pelo Detran das revendas ou estabelecimentos de venda de veículos novos e usados de Mato Grosso, foi aprovado. 

 

 

 

 

Redação 24 Horas News

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário