02/12/2013 - Polícia apura desaparecimento de avião de prefeito e não descarta sequestro

A Polícia Civil vai instaurar inquérito para apurar o desaparecimento do piloto Paulo Cezar Bertocine, mais conhecido como Paulinho Pium. O avião que ele pilotavam um Cesna 206, TC, de prefixo P-VIM, decolou na manhã de domingo (01) da cidade de Juína (a 735 quilômetros de Cuiabá) e não foi mais visto. Experiente no ramo, ele atuava na prestação de serviços como piloto do prefeito de Juara, Edson Piovesan. 

O delegado municipal de Juína, Rodrigo Costa Rufatto, começa a ouvir nesse momento testemunhas que poderão ajudar no esclarecimento do desaparecimento do piloto de avião. A primeira oitiva trata-se de uma pessoa que estava no aeroporto no momento em que ele decolou com a aeronave. “A irmã dele também se encontra aqui na unidade e, por enquanto, não podemos adiantar nenhum tipo de informação, mas não houve nenhuma solicitação de resgate ou nada parecido”. 

Há suspeitas de um possível sequestro já que o mesmo decolou do município de Juína sem realizar os devidos procedimentos de check in. A aeronave tem capacidade para cinco passageiros, mas apenas o piloto estava à bordo oficialmente, de acordo com as primeiras informações relatadas pelos familiares do rapaz. 

A família do piloto informou as autoridades da Aeronáutica para que adote as providências cabíveis de investigação que o caso requer. Nas redes sociais também é intensa a mobilização por informações sobre o piloto e são inúmeras as mensagens de solidariedade. 

 

Patrícia Neves