02/12/2015 - Polícia Civil afirma não ter pistas sobre manicure desaparecida

02/12/2015 - Polícia Civil afirma não ter pistas sobre manicure desaparecida

Dois meses após o desaparecimento da manicure Sandra Godoy, de 29 anos, no município de Canarana, a Polícia Civil continua sem informações sobre o paradeiro da mulher.
 
Conforme as investigações, ela teria sumido após se encontrar com um ex-namorado. A manicure mora em Barra do Garças e teria dito à família que iria à cidade de Ribeirão Cascalheira resolver questões sobre a venda de uma casa.
 
Porém, ela foi para Canarana, onde encontrou o homem, que é um dos suspeitos do desaparecimento, conforme a Polícia Civil.
 
O delegado da Polícia Civil de Canarana, Deuel Paixão, afirmou que, durante os dois meses de investigação, não houve nenhuma pista que pudesse levar ao paradeiro da manicure.
 
“Não há nada, até o momento. Estamos aguardando o relatório de inteligência, com os dados dos registros telefônicos dela”, contou.
 
A quebra de sigilo telefônico da manicure foi solicitada pela Polícia Civil logo no início das investigações. Porém, os dados ainda não foram fornecidos pelo setor de inteligência.

 

Em razão das dificuldades para obter informações sobre a moça em Canarana, o caso será repassado para o município de Água Boa. O motivo da transferência da investigação seria a maior capacidade do novo local.
 
“Eles têm uma estrutura melhor, mais policiais para realizar as buscas e para auxiliar nas investigações”, pontuou Deuel Paixão.
 
O delegado informou que há cerca de cinco suspeitos no caso, com os quais a manicure tinha ou teria tido algum tipo de relacionamento amoroso.
 
Entre os suspeitos, está o ex-namorado com quem ela havia ido se encontrar em Canarana. Ele teria sido a última pessoa a se encontrar com a manicure.
 
Apesar de não haver um esclarecimento sobre o desaparecimento de Sandra Godoy, o delegado acredita que ela possa estar viva.
 
“Trabalhamos com a hipótese de que ela está viva, pois não há, até o momento, elementos para afirmar o contrário”, afirmou.
 
Vídeos da manicure
 
A Polícia Civil teve acesso a vídeos que mostram Sandra Godoy antes do desaparecimento. Em um deles, ela estava na Rodoviária de Canarana, no dia em que desapareceu.
 
“As imagens estavam turvas, então não foi possível realizar grandes esclarecimentos sobre o caso”, lamentou o delegado.
 
Em outro vídeo, que consta nas investigações sobre o caso, a manicure está em um 
hotel, no município de Barra do Garças.
 
Nas imagens, feitas uma semana antes do desaparecimento, ela aparece ao lado do ex-namorado.
 
Último contato
 
A família da moça informou à Polícia que o último contato que teve com ela ocorreu no dia 28 de setembro, quando Sandra ligou para a filha, de 12 anos, e disse que estava bem.
 
Na terça-feira, 29 de setembro, Sandra teria um horário marcado em um salão de beleza de Ribeirão Cascalheira. Porém, ela não apareceu.
 
“O horário dela estava agendado para as 8h30 de terça-feira, mas ela não apareceu. A partir de então, passamos a considerá-la desaparecida”, disse Deuel Paixão.

 

 

 

 

Vinícius Lemos

Mídia News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário