03/01/2015 - Silval paga R$ 100 milhões à empreiteiras e deixa só R$ 84 mil na Conta Única de MT

No apagar das luzes, nos dias 29 e 30 de dezembro, o então governador Silval Barbosa (PMDB) pagou R$ 100 milhões à empreiteiras e deixou apenas R$ 84 mil na Conta Única do Estado. A revelação foi feita na tarde desta sexta (2) pelo governador empossado Pedro Taques (PDT) durante coletiva à imprensa. "A situação é preocupante, mas que vamos superar", garante Taques.

 

Conforme o secretário de Fazenda, Paulo Brustolin, alguns pagamentos foram suspensos, mas a maioria já foi efetivada. A equipe da pasta ainda faz um levantamento detalhado sobre quais empresas receberam os valores e será feita uma auditoria nos pagamentos.

 

De todo modo, Taques pondera que o Estado não está quebrado, mas que vive um momento delicado. A expectativa, segundo ele, é de que o déficit orçamentário seja de R$ 1,7 bilhão. “O volume de recursos na Conta Única demonstra a incapacidade de gestão”, dispara. Como a situação é delicada, Taques determinou que o Estado não pague nada pelos próximos 90 dias, período em que realizará auditorias nos contratos e licitações feitas pela gestão Silval.

Dívida

Outra situação que preocupa o pedetista é o fato de 23% da dívida do Estado estar “dolarizada”. Acontece que a moeda bate recordes diários de alta o que pode elevar o pagamento do débito. Em 2012, para quitar parte da dívida com a União, Silval fez um empréstimo de US$ 479 milhões junto ao Bank of America. À época ele argumentou que Governo diminuiria o percentual de juros pago de 15% para 9%.

 

O governador, empossado ontem, adianta que já encomendou um estudo para analisar a questão a fundo e verificar se existe segurança jurídica em relação a uma possível quebra de contrato, por exemplo. A dívida total do Estado - incluindo com a União - é de cerca de R$ 8 bilhões.

 

 

Fonte: RDNews

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário