03/02/2011 17h:30 Shaolin permanece em coma 16 dias após acidente

Após cirurgia de restauração do braço esquerdo, o comediante Shaolin continua internado em estado grave nesta quarta-feira (3), segundo informou ao R7 a mulher dele, Maria Laudicéia Veloso. O artista teve o membro superior operado porque perdeu musculatura e massa óssea após um acidente na BR-230, região de Mutirão, em Campina Grande (PB), no dia 19 de janeiro.
De acordo com Maria Laudicéia, na noite de terça-feira (1º) os médicos retiraram uma parte externa da coxa do artista e a colocaram no braço. A cirurgia faz parte do processo de restauração do membro superior. Ela disse que outras operações devem ser realizadas nos próximos dias.
A assessoria do Hospital das Clínicas de São Paulo, onde Shaolin está internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), afirmou que o quadro do comediante é grave e que ele continua em coma. Segundo a mulher do comediante, apesar de os médicos estarem suspendendo a sedação, a medicação continua atuando no corpo do artista, que ainda não responde a comandos verbais.

Acidente
Francisco Jozenilton Veloso, o Shaolin, ficou gravemente ferido em um acidente na BR-230, na região de Mutirão, em Campina Grande (PB), no dia 19 de janeiro. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o comediante dirigia no sentido São José da Mata quando um caminhão, que vinha na faixa oposta, invadiu a contramão e bateu contra o veículo do artista.

Em depoimento à Polícia Rodoviária Federal da Paraíba, o motorista do caminhão que se envolveu no acidente com o humorista disse que foi o artista quem provocou a batida.
O comediante da Rede Record deu entrada no pronto-socorro do Hospital das Clínicas na madrugada do dia 21, após ter passado por cirurgias para conter o traumatismo craniano e uma fratura exposta no membro superior esquerdo.
Na tarde de 20 de janeiro, Jobson Clemente Benício, de 23 anos, motorista envolvido no acidente com Shaolin, apresentou-se à delegacia da Polícia Rodoviária Federal da cidade paraibana. O inspetor responsável pela unidade ouviu o motorista que, em seguida,
foi liberado.

 R7