03/04/2012 - Conta do Facebook de turista italiano morto e encontrado no portão do inferno foi acessada após morte

Pelo avançado estado de decomposição, o Corpo de Bombeiros acredita que o turista italiano Mário Bergamaschi, 50 anos, cujo corpo foi encontrado no Portão do Inferno no início da noite desta segunda-feira (2), está morto há pelo menos 4 dias.

O que chama a atenção da Polícia Civil, no entanto, é o fato de a conta pessoal do turista no site de relacionamentos no Facebook ter sido acessada no último sábado (31), após o sumiço e, de acordo com a estimativa do Corpo de Bombeiros, após a morte.

“Ainda não temos uma linha clara de investigação”, afirmou a delegada responsável pelo caso, Eliane da Silva Moraes. “Sabemos que ele já conhecia a região, não é primeira vez que ele vem passar as férias em Chapada. Ele pode ter sido jogado ou ter escorregado”, completa.

O aspirante Eraldo Moura foi quem encontrou o corpo do turista. Ele conta que Bergamaschi estava em um estado de decomposição avançado, bastante inchado, com larvas e insetos pelo corpo. “Acredito que ele tenha morrido há três ou quatro dias”, afirmou ao retornar.

Membros da perícia técnica da Polícia Civil descerão novamente o Portão de Inferno em Chapada dos Guimarães na manhã desta terça-feira (3) para avaliar as condições em que o corpo está e posteriormente ele será retirado do local. 

O turista foi visto pela última vez em um bar na noite da terça-feira (27), na companhia de um chileno em Chapada dos Guimarães. Ele estava hospedado na casa de um amigo ma cidade. Na quarta-feira o amigo de Mário comunicou a polícia sobre o desaparecimento, que desde então investiga o caso.

O resultado da perícia será imprescindível para que apontar se o corpo foi jogado local sem vida, ou se a morte foi causada pela queda. O italiano já conhecia Chapada dos Guimarães e esta era a 3º vez que ele visitava o local.

 

Da Redação - Laura Petraglia / De Chapada dos Guimarães - Lucas Bólico

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário