03/05/2013 - 3 de Maio, dia Mundial da Liberdade de Imprensa

“Não há democracia, não há liberdade se não houver liberdade de se exprimir o que pensa ou o que se acredita,”

 

Hoje sexta-feira, 3 de maio, é comemorado o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, data instituída em 1993 pela Assembleia-Geral das Nações Unidas e inspirada na Declaração Universal dos Direitos Humanos. O governador do estado de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), visitou na última semana a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), e defendeu a liberdade de imprensa.

 

“Não há democracia, não há liberdade se não houver liberdade de se exprimir o que pensa ou o que se acredita,” disse o governador e possível candidato a Presidência da República.

 

Sobre o avanço de movimentos sociais e de alguns partidos políticos de esquerda de buscarem a regulação da mídia, o governador de Pernambuco deixou sua opinião sobre o tema. “Eu como cidadão tenho isso muito claro. Quem regula a mídia é o ouvinte, o leitor, o telespectador e o internauta quando ele escolhe o conteúdo que lhe interessa”, ressaltou Eduardo Campos, que lembrou que o brasileiro deve celebrar as conquistas, após muita luta, da democracia e da liberdade “Não é possível voltar atrás, país forte democraticamente é país com liberdade de imprensa”.

 

Campanha Para Expressar a Liberdade -  Alguns movimentos sociais e partidos de esquerda estão lançando uma campanha chamada Para Expressar a Liberdade com o objetivo de reunir 1,5 milhão de assinaturas para levar ao Congresso Nacional um projeto de iniciativa popular para regulamentar a mídia.

Esses segmentos pretendem criar obstáculos à imprensa aprovando uma lei que possa interferir no conteúdo produzido pelos veículos de comunicação.

 

Fernando Meira Dias
Caldeirão Político

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário