03/05/2014 - Indígena tenta furtar comercio de Querência

A vitima U.F.N compareceu a central de atendimento da Policia Militar de Querência, relatando que estava em sua loja “Fortes Celulares” por volta das 14:30 horas, atendendo um cliente e no interior da loja havia um grupo de Indígenas, de etnia não informada, momento que acabou de entregar o troco para seu cliente viu um indígena próximo ao mostruário e  logo saiu, a vitima achou estranho o comportamento desse indígena, e foi olhar para mostruário e sentiu  falta de um aparelho L5 E605, Marca LG.

A Vitima relata que de pronto suspeitou deste indígena e foi atrás, encontrando-o com seu grupo no canteiro central da Avenida Cuiabá.

Segundo a vitima quando se aproximou e perguntou para indígena que ela já suspeitava: “cadê meu celular, você estava próximo ao mostruário e saiu,” o indígena negou, negou e ainda ficou alterado juntamente com o grupo, criando um tumulto no local.

Seu esposo e também proprietário da loja ligou para policia militar que de imediato chegou ao local e os conduziu para central de atendimento para apurar os fatos.

A vitima relatou ao site da Rádio Alternativa que a todo o momento, este indígena negava autoria do furto, já na central de atendimento no registro da ocorrência um servidor federal de Barra de Garça a que acompanhava o grupo, conversou com indígena na linguagem deles, o indígena entregou o aparelho celular para vitima na presença dos policiais militares, e do servidor Federal da Funai, dizendo que pegou por engano.

A vitima falou ao site Rádio Alternativa que esta perplexa com impunidade a favor de índios, que não e a primeira vez que “eles” fazem isso na cidade, que “eles” se sentem superior ao povo, que não tem lei para eles.

Diante dos fatos a Policia Militar confeccionou o Boletim de Ocorrência registrou na Delegacia Judiciária Civil para demais providências.

 

Escrito por Rádio Alternativa/Tv Querência: Vânia Santiago

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário