03/05/2016 - Peixoto de Azevedo - Criança de 7 anos é achada morta na casa de amigo da família após estupro

03/05/2016 - Peixoto de Azevedo - Criança de 7 anos é achada morta na casa de amigo da família após estupro

Uma criança de 7 anos foi encontrada morta e com sinais de violência sexual, neste domingo (1º), em uma casa no Distrito de União do Norte, em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito do crime, que seria conhecido e amigo da família, já foi identificado, porém, ele não foi encontrado.

O delegado Ramiro Queiroz, que investiga o caso, declarou que o suspeito foi identificado e está sendo procurado pelos investigadores. Ele confirmou que a criança foi possivelmente estuprada e que exames devem comprovar a violência sexual.

 

Segundo a Polícia Militar, a mãe da vítima relatou que a criança estaria na casa do suspeito na companhia da mulher dele. “Esse homem é cliente da mãe dela, que é dona de um bar no distrito. Ele era conhecido da família. A mãe diz que ele teria levado a menina para passear e não voltou”, explicou ao G1 o cabo da PM, Daniel Gonçalves. Os passeios seriam frequentes, conforme relato da família à polícia.

O suspeito teria dito que a criança estava na casa dele, na companhia da mulher, desde a manhã de domingo. No período da noite a menina ainda não havia retornado para casa. Nessa situação, a família procurou a polícia e registrou o boletim de ocorrência.

Os policiais militares foram até a casa do suspeito, que trabalha como madeireiro na região, e arrombaram a residência. O corpo da criança estava sobre um colchão colocado no chão, coberto por um cobertor. “Ela foi encontrada morta. Tinha um corte profundo no pescoço e não estava com as vestimentas debaixo”, explicou o policial.

A PM fez rondas na região e chegou a ir até a casa da sogra do suspeito, em um assentamento rural, onde estaria a mulher dele. “A mulher disse que, na verdade, não é mais esposa dele, que eles estão separados há meses”, disse o PM.

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário