03/06/2011 18h:30 Fazenda Bauru já foi palco de muita violência e até um triplo homicídio

 Em dezembro de 2008, três pessoas foram assassinadas em Colniza e o triplo homicídio teria sido resultado de conflito agrário envolvendo a disputa pela Fazenda Bauru, a mesma que foi novamente invadida hoje.  Duas vítimas eram funcionários da e a outra era um topógrafo contratado para fazer medição e demarcação de áreas da propriedade.

 
Em fevereiro de 2008, um representante da fazenda Bauru sofreu uma tentativa de homicídio quando visitava a propriedade. Um disparo atingiu o pára-brisa do carro que era conduzido pelo empresário acertando o ombro de um funcionário que estava no banco traseiro.

Uma parte da fazenda Bauru, que tem uma extensa área de mata intacta, foi ocupada por trabalhadores rurais há quase nove anos. Há quatro anos, os proprietários da fazenda ganharam a reintegração de posse da área e em 2008, após a intermediação do Comitê de Acompanhamento de Conflitos Fundiários do Estado, Prefeitura, sindicatos de trabalhadores, Fetagri e Poder Judiciário, os proprietários da fazenda doaram uma área de 5.050 mil hectares para abrigar 100 famílias que ocupavam o local.

Cada uma delas recebeu um lote de 50 hectares e outros 50 foram destinados à construção de uma vila de convivência social. O município tem uma população de aproximadamente 45 mil habitantes e tem um dos maiores números de assentamentos rurais em Mato Grosso.

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário