03/06/2015 - Polícia Civil apreende em Sorriso carga de defensivos agrícolas avaliada em mais de R$ 30 milhões

03/06/2015 - Polícia Civil apreende em Sorriso carga de defensivos agrícolas avaliada em mais de R$ 30 milhões

Uma carga de defensivos agrícolas avaliada em mais de R$ 30 milhões foi apreendida pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta terça-feira (02.06), em Sorriso. Os produtos considerados de alta periculosidade para a saúde pública estavam armazenados em um galpão, na região do distrito industrial do município.

O trabalho integra o planejamento da Secretaria de Estado de Segurança Pública para reduzir os indices de crimes contra o meio-ambiente no interior do Estado.

A apreensão aconteceu durante investigações de tráfico de drogas realizadas pela equipe da Delegacia de Sorriso. A operação desencadeada pela delegacia com apoio da Gerência de Operações Especiais (GOE) foi deflagrada logo no início da manhã, após várias diligências e monitoramento do local, suspeito de acondicionar produtos ilícitos.

No galpão localizado na Rua Lions, no distrito industrial, foram encontrados mais de 100 mil litros de agrotóxico e aproximadamente ½ tonelada do inseticida Benzoiluréia. De acordo com o delegado Pablo Borges Rigo, que coordenou a operação, existe a suspeita de que os produtos são adulterados. A Pericia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada para periciar se os defensivos têm a composição alterada.

“Além de se tratar de possíveis produtos contrabandeados as substâncias estavam armazenadas de forma irregular, totalmente fora dos padrões exigidos de segurança, colocando em risco a população residente próximo ao local”, destacou o delegado.

O Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) para fazer o transporte e o armazenamento dos defensivos em condições e locais adequados, além de fazer a avaliação da carga, cujo valor estimado está entre R$ 35 a R$ 40 milhões.

O delegado relatou que apesar da aparência de abandono, o balcão onde a carga foi apreendida, era guarnecido com câmeras de segurança com infravermelho e monitor interno de HD para registro de imagens. Um caminhão supostamente utilizado para transportar os produtos também foi apreendido no local. O vigia do prédio foi conduzido a Delegacia de Sorriso para prestar esclarecimentos.

As investigações continuam para identificar o dono da carga e o locatário do galpão, que poderão responder pelos crimes de armazenamento irregular e adulteração dos produtos, transporte irregular e um possível estelionato na comercialização da mercadoria.

 

Escrito por assessoria de imprensa

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário