03/07/2015 - JBS Friboi fecha as portas e demite 500 funcionários em MT

A unidade da JBS Friboi em Cuiabá encerrou suas atividades na quarta-feira (1º), extinguindo cerca de 500 postos de trabalho.

De acordo com um funcionário que não quis se identificar, a empresa não preparou a equipe para dar a noticia, pegando os trabalhadores de surpresa.

“Eu estou aqui há cerca de 3 anos e cinco meses, e achei muita falta de respeito com todos, porque ninguém falou nada. Nós percebemos a diminuição das atividades, mas, sempre que questionávamos, eles negavam que encerariam as atividades”, disse o trabalhador.

O funcionário ainda informou que a empresa disponibilizou poucas vagas para a transferência de equipe para as outras 12 unidades de Mato Grosso.

"Eles tomaram uma decisão unilateral, não ouviram a categoria e simplesmente colocaram na rua todos os trabalhadores. É preciso que o Governo do Estado preste mais atenção nas empresas às quais concedem incentivos fiscais para se estabelecerem no Estado, porque elas chegam aqui, sugam os trabalhadores e, quando querem, colocam todos na rua" O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Cuiabá e Várzea Grande, Sidiney Amorim, afirmou que a diretoria da JBS Friboi protocolou no sindicato o informe de demissão.

“Eles tomaram uma decisão unilateral, não ouviram a categoria e simplesmente colocaram na rua todos os trabalhadores. É preciso que o Governo do Estado preste mais atenção nas empresas às concedem incentivos fiscais para se estabelecer no Estado, porque elas chegam aqui, sugam os trabalhadores e, quando querem, coloca todos na rua”, afirmou

O sindicalista ainda lembrou que esta é a segunda unidade fechada em menos de dois meses. A unidade de São José dos Quatro Marcos (308 km a Oeste de Cuiabá) foi a primeira.

“Lá foram demitidos 600 funcionários. Nós já procuramos o Ministério Público do Trabalho para intervir nesse tipo de situação, mas não tivemos resposta. Também solicitamos um período de viso prévio aos trabalhadores, mas eles não aceitaram”, disse Sidiney Amorim.

Outro lado

De acordo com a assessoria da JBS Friboi, o encerramento das atividades da unidade em Cuiabá é decorrente a insuficiência de matéria-prima em algumas regiões do país.

"Em Cuiabá, a JBS mantinha 494 colaboradores. A companhia oferecerá a todos a possibilidade de transferência para unidades em Mato Grosso ou de outros Estados. Para aqueles que não aceitarem a transferência, a JBS promoverá o desligamento e consequente indenização trabalhista, dentro da legislação vigente", diz trecho de nota da assessoria.

A assessoria informou ainda que decisão de suspender as atividades da unidade foi devidamente comunicada ao sindicato representativo da região.

"A JBS ainda mantém em operação 12 unidades de abate de bovinos no Estado do Mato Grosso", completou.
Já de acordo com a assessoria do Ministério Público do Trabalho a JBS Friboi não protocolou nenhuma informação sobre o fechamento da unidade. 

 

Midia News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário