03/08/2015 - Deputados de MT usam R$ 1,4 milhão de verba indenizatória; veja o campeão de gastos

Os oito deputados federais de Mato Grosso usaram, até a última quinta-feira (30), R$ 1,4 milhão de cota da atividade parlamentar no decorrer de 2015, conforme levantamento feito pelo Olhar Direto na prestação de contas dos próprios parlamentares. O valor pode aumentar, já que as despesas de julho ainda não foram totalmente atualizadas.


O “campeão de gastos” é o deputado Ságuas Moraes (PT), que entre janeiro e julho gerou dispêndios de R$ 249,8 mil. Na sequência estão Valtenir Pereira (PROS), que usou R$ 228,2 mil; Carlos Bezerra (PMDB), R$ 222,6 mil; Nilson Leitão (PSDB), R$ 162,9 mil; Ezequiel da Fonseca (PP), R$ 153,6 mil; Victório Galli (PSC), R$ 134,6 mil; Adilton Sachetti (PSB), R$ 126,7 mil; e Fábio Garcia (PSB), R$ 122,8 mil.

Fábio, Ezequiel, Victório e Adilton não apresentaram notas em janeiro, pois foram empossados em fevereiro. Confira a quantia gasta a cada mês pelos deputados mato-grossenses, inclusive quanto fora gasto para cada atividade *.

Ságuas Moraes: janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulho.
 
Valtenir Pereirajaneirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulho.
 
Carlos Bezerra: janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulho.
 
Nilson Leitão: janeiro, fevereiromarçoabrilmaiojunhojulho.
 
Ezequiel Fonsecafevereiromarçoabrilmaiojunhojulho.
 
Victório Gallifevereiromarçoabrilmaiojunhojulho.
 
Adilton Sachettifevereiromarçoabrilmaio, junho, julho.
 
Fábio Garcia: fevereiromarçoabrilmaiojunhojulho.
 
A cota da atividade parlamentar é um instrumento legal da Câmara dos Deputados. Conforme o ato da Mesa Diretora de nº 43, de 21 de maio de 2009, que regulamenta a cota, cada parlamentar de Mato Grosso pode usar, em média, R$ 39 mil por mês, para deslocamentos, publicidade, hospedagem, alimentação, aluguel de escritório, entre outras formas de uso, bastando apresentar a nota fiscal para ser ressarcido. Os dados são públicos e qualquer cidadão pode acessá-los, no portal da Câmara dos Deputados. 

 

 

 

De Sinop - Alexandre Alves

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário