03/09/2015 - Polícia Civil indicia vice-prefeito por destinação irregular de maquinário

O vice-prefeito e secretário de Infraestrutura de Primavera do Leste, Eraldo Gonçalves Fortes, é indiciado pela Polícia Civil por cometer crime contra administração pública devido à destinação irregular de patrimônio público. Ele é acusado de ceder uma pá carregadeira e uma escavadeira hidráulica, da secretaria, para uso particular de uma empresa, com fim de ministrar cursos de operador de máquinas.

 

O indiciamento ocorreu, nesta quarta (2), e faz parte da Operação Karcharias, realizada pela Polícia Civil a fim de concluir inquéritos de crimes contra a administração pública e corrupção. Segundo a Polícia, a “parceria” de Eraldo foi feita com a empresa Forte Treinamentos, em fevereiro deste ano. Os proprietários são acusados de estelionato por terem causado prejuízo a diversas vítimas da cidade, ao realizarem a inscrição para os cursos e não ministrarem as aulas.

 

O problema é que a empresa não tinha sede, funcionários e nem maquinário para realizar o curso. As inscrições para os cursos eram feitas dentro Sistema Nacional de Emprego (Sine), em Primavera do Leste, por uma funcionária do mesmo órgão. Diante da situação, uma turma realizou o curso, em uma área pública e com o maquinário da secretaria de Infraestrutura. No entanto, não havia convênio ou autorização para o empréstimo das máquinas.

 

O vice-prefeito alega que apresentou apenas ofício, sem registro de protocolo, com pedido feito por uma das proprietárias da empresa, suspeita de aplicar o golpe, para empréstimo de uma pá carregadeira e de uma escavadeira hidráulica à secretaria municipal de Obras.

 

Eraldo ainda argumenta que a empresa, como forma de contra prestação, disponibilizou cinco vagas do curso para funcionários da prefeitura, contudo, não há registro da participação de nenhum servidor municipal nas aulas. O trabalho de investigação foi realizado pelo delegado Rafael Sippel Fossari, da Delegacia de Roubos e Furtos (Derf), com auxílio dos delegados Adriano Marcos Alencar e Raphael Diniz Garcia. (Com Assessoria).

 

 

 

Camila Cervantes

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário